sábado, 6 de março de 2021

Hoje é a Data Magna de Pernambuco: entenda o significado do feriado no dia 6 de março

No dia 6 de março, Pernambuco celebra a Data Magna, em homenagem à Revolução Pernambucana, quando o Estado se tornou uma uma república independente do resto do Brasil colonial por 75 dias. Desde o ano de 2017 é feriado em todos os 184 municípios em comemoração à data.

Em 2021, as comemorações são um pouco diferentes em virtude da pandemia da Covid-19. O Estado vive um período crítico, provocado pela alta taxa de ocupação das UTIs com pacientes em estado grave e, por isso, vive o feriado da Data Magna sem grande festa e em meio às restrições de funcionamento de atividades não essenciais.

ENTENDA A HISTÓRIA DA DATA MAGNA DE PERNAMBUCO

Em 2007, a Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) instituiu o dia 6 de março como a Data Magna do Estado em celebração à Revolução de 1817, conhecida como Revolução Pernambucana ou Revolução dos padres, pela grande presença de integrantes da igreja católica, que é considerada pelos historiadores como o primeiro movimento pela Independência do Brasil.

Além de recordar e celebrar a Revolução Pernambucana, o feriado também homenageia os heróis que tornaram o movimento possível. Domingos José Martins, maçon e abolicionista em pleno Brasil Colônia; Padre João Ribeiro; José de Barros Lima, conhecido como Leão Coroado; o jurista José Luiz de Mendonça; Cruz Cabugá, Padre Roma, Gervásio Pires, Antônio Carlos de Andrada e Silva, Vigário Tenório, Caetano Pinto de Miranda Montenegro, Luís do Rego Barreto, e diversos outros.

"A Revolução Pernambucana foi muito pensada no Seminário de Olinda, quando muitas ideias iluministas que defendiam os princípios da liberdade, igualdade e fraternidade estavam circulando na Igreja. Também teve apoio de setores da maçonaria e de comerciantes que estavam sufocados com os impostos", explicou o professor e historiador Felipe Domingues à Rádio Jornal.

A revolução começou a partir da insatisfação da população com os altos impostos cobrados pela Coroa Portuguesa. Dentre as medidas adotadas pela república pernambucana, estavam um governo provisório, com constituição própria prevendo igualdade para todos num país que tinha sua economia dependente da escravidão de negros trazidos da África.

Apesar das conquistas, a Coroa conseguiu reprimir o movimento e matou os principais líderes. "Em 1808 chegaram aproximadamente 15 mil fidalgos portugueses. Quem pagava esse custo, os luxos da corte portuguesa, em especial, era Pernambuco, já que nosso Estado representava 60% da economia do país na época. E pouco antes da Revolução de 1817 houve uma grande seca. Imagine o caldeirão: ideias iluministas, comerciantes sufocados com impostos, Pernambuco sustentando a corte no Rio de Janeiro e uma grande seca. Um barril de pólvora prestes a explodir, e explodiu", contou o pesquisador em entrevista à Rádio Jornal.

Do Estação Notícias / NE10

Mix Açai é irresistível!

Entrevista: “Tenho muito orgulho do meu pai, pois sei que acima de tudo, ele é um prefeito responsável e apaixonado pelo Brejo", diz Robertinho Asfora

O vereador de Brejo da Madre de Deus, Robertinho Asfora, falou com exclusividade ao jornalista César Mello sobre o começo da gestão do seu pai, o prefeito Roberto Asfora, eleito no último dia 15 de novembro de 2020 para o seu terceiro mandato como chefe do executivo brejense.

Orgulho – Robertinho frisou a paixão do pai pela cidade, bem como, a forma séria como ele tem gerido os destinos de Brejo da Madre de Deus. “Tenho muito orgulho do meu pai, pois sei que acima de tudo, ele é um apaixonado por Brejo, um gestor sério, comprometido e que conhece muito bem as necessidades do nosso povo, que conhece e acredita nele e que confia que tudo vai dar certo”.

Cidade arrasada - “As dificuldades são imensas, pois lamentavelmente Roberto Asfora assumiu uma cidade que foi simplesmente arrasada pelo seu antecessor e por um grupo que nunca teve como ‘objetivo número um’ o bem estar e o desenvolvimento de nossa cidade, que com tudo isso, parou no tempo. Os débitos deixados são imensos, só não maiores que a vontade de Roberto e de sua equipe de trabalharem pelo desenvolvimento de nossa cidade”, disse Robertinho.

O futuro – Para finalizar, o vereador brejense afirmou que não tem dúvidas de que o trabalho executado hoje pela gestão municipal irá render bons frutos para os brejenses. “Não tenho dúvida alguma que em pouco tempo teremos sim uma Brejo diferente, uma cidade que voltará a ser referência para a região”, disse e seguiu, “Estamos vendo um trabalho sério sendo executado, por uma equipe qualificada e que pensa grande, que coloca como prioridade a nossa querida Brejo da Madre de Deus”.

Do Estação Notícias / César Mello

Suspeito de praticar homicídio é preso em Santa Cruz do Capibaribe

O efetivo da ROCAM recebeu informações do Serviço Reservado do 24º BPM, que na Rua Assis Severino Chagas, Bairro Cruz Alta, em Santa Cruz do Capibaribe, havia um indivíduo de 24 anos de idade de alta periculosidade em uma residência.

No local, o efetivo abordou Juan Pablo Gomes Rodrigues, e ao consultar os seus dados, o policiamento constatou que o mesmo já respondeu por acusação da prática de homicídio na região, o qual não foi informado.

Diante da situação, Juan Pablo foi conduzido para a delegacia de plantão de Santa Cruz, de onde foi encaminhado ao sistema prisional local.

Do Estação Notícias / Ney Lima

Devocional Diário

"Sabeis estas coisas, meus amados irmãos. Todo homem, pois, seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar." Tiago 1:19

Pensamento: Falar é muito simples e fácil, difícil mesmo é exercer a especial arte de ouvir. Muitos falam, e até demais! Não esperam que alguém termine de falar e respondem antes mesmo de ouvir a última frase. A ansiedade de muitos em falar demais e fora de hora, revela uma provável inquietude no íntimo, na alma. Portanto falar não é o problema; o que falar, como, quando e o que falar, eis a questão.

Oração: Pai querido, faço minha as palavras do rei Davi "Põe guarda, SENHOR, à minha boca; vigia a porta dos meus lábios" para eu não pecar contra Ti. Perdoa pelas vezes que eu deveria ter ficado em silêncio e acabei falando demais. Perdoa também pelas vezes que eu deixei de ouvir aquelas pessoas que precisavam apenas de alguém para escutá-las. Eu oro em nome de Jesus. Amém.