segunda-feira, 4 de outubro de 2021

Após WhatsApp ficar fora do ar, audiências de conciliação mediadas pelo TJPE são canceladas

As audiências de conciliação mediadas pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) que aconteciam ou que estavam programadas para ocorrer pelo WhatsApp nesta segunda-feira (4) foram canceladas após o aplicativo ficar fora do ar. Além dele, Facebook e Instagram ficaram sem funcionar durante a tarde, retomando o funcionamento no início da noite.

O TJPE não informou quantas audiências virtuais foram canceladas, mas disse que havia agendamentos em todo o estado. De acordo com o tribunal, quem teve a audiência cancelada nesta segunda-feira (4) não será prejudicado, pois novas audiências serão remarcadas posteriormente.

Ainda segundo o TJPE, o setor de conciliação irá entrar em contato com todas as partes envolvidas nas audiências que estavam agendadas para remarcar as sessões.

Quem tiver dúvida pode entrar em contato com o setor responsável pelo telefone (81) 3181-0780 ou pelo e-mail faleconosco.mupemec@tjpe.jus.br. As partes envolvidas nos conflitos também podem entrar em contato diretamente com os Centros Judiciários de Solução de Conflitos (Cejucs), distribuídos no Grande Recife e no interior, e as Câmaras de Conciliação e Mediação.

A realização de audiências de conciliação por meio do WhatsApp foi implantada pelo TJPE por causa da pandemia da Covid-19. A medida é facultativa aos Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania.

Quando as partes envolvidas nos conflitos afirmam ter interesse de realizar a conciliação por meio do WhatsApp, é criado um grupo com elas, o conciliador e os advogados do impasse em questão. O processo tem duração, em média, de 45 minutos.

O Tribunal Regional Federal da 5ª Região informou, em nota, que a pane global no WhatsApp não provocou prejuízos, pois o único procedimento adotado pela segunda instância através do aplicativo é a citação feita pelos oficiais de Justiça, que também é realizada por e-mail, ligação ou contato presencial.

Do Estação Notícias / G1