segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Pai mata a própria filha de 49 dias de vida, por ciúmes e raiva em Belo Jardim

Ele foi preso em flagrante, será levado à audiência de custódia nesta segunda-feira em Pesqueira e vai responder por homicídio

Por ciúmes da mãe, um pai esganou a própria filha, que tinha 49 dias de vida, na noite do sábado (17), em Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco. O Pai da criança a deixou agonizando por um dia até levá-la ao hospital, mas a menina não resistiu. Josinaldo Luiz da Silva Bernardo foi preso em flagrante, será levado para audiência de custódia, no Fórum de Pesqueira, nesta segunda-feira, e o juiz decidirá se o acusado terá prisão preventiva ou responderá ao inquérito em liberdade.

Segundo relatos à polícia, Josinaldo estava dando banho na criança quando teria apertado o pescoço do bebê e logo em seguida, ameaçado a mãe, que queria levá-lo ao hospital no mesmo momento.

Maria Sofia dos Santos, foi esganada no Sítio Jurema, na noite do sábado (17) na zona rural da cidade e só neste domingo, os pais a levaram ao Hospital Regional de Belo Jardim, mas ela chegou à unidade hospitalar morta. Seu pai será qualificado pelo crime de homicídio. Ele alegou, segundo policiais, que tinha raiva e ciúme do bebê. Não houve maiores detalhes até o fechamento da edição.

O corpo da pequena Maria Sofia foi levado ao Instituto de Medicina Legal e liberado ainda nesta tarde. Segundo o delegado João Carlos Oliveira, a mãe da menina, que não teve o nome revelado, contou que vítima frequente de agressões do companheiro. De acordo com ele, estava com um ferimento na mão devido a uma briga anterior e em estado de choque pela morte da filha.

Do Estação Notícias / Diário de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário