sexta-feira, 30 de novembro de 2018

Após encontro secreto em Caruaru, prefeito Hilário tentou fazer Marcone Presidente e se deu mal

Hilário jogou errado demais e sofreu a sua primeira grande derrota.
Foto: Prefeito Hilário Paulo e vereadores Mané Bento e Professor Marcone

Na véspera da eleição da Câmara de Vereadores do Brejo da Madre de Deus, o prefeito Hilário Paulo articulou com o vereador Professor Marcone, que também é do distrito São Domingos, para que o vereador deixasse a oposição e fosse para bancada situacionista.
O Professor Marconi participou da reunião na câmara que ocorreu na noite da quinta-feira (29), e poucas horas depois Hilário e Marcone tiveram um encontro secreto em Caruaru, onde foi negociado o voto do vereador na eleição que estava marcada para as 12h desta sexta-feira (30).

A jogada do prefeito Hilário que tentou trazer Marcone e fazê-lo presidente com o apoio da sua bancada de situação, tornou-se na grande derrota do prefeito, pois Hilário não contava que também nos bastidores já articulavam a ida dos vereadores Flávio Diniz (então líder do governo) e Damião Aguiar para a oposição, que conseguiu vencer a eleição por 8 votos a favor, 4 abstenções e 1 falta, que foi justamente a do Professor Marcone.
Vice-prefeito Josevaldo reunido horas antes da eleição com os vereadores Bolão, Damião e Robertinho Asfora

A oposição em Brejo da Madre de Deus surpreendeu a todos com esta grande jogada de mestre que teve a sabedoria, jogo de cintura e muita política na veia dos vereadores Bolão, Robertinho, Avecino, Jobson, Júnior de Miguelão, Flávio Diniz, Damião e também do vice-prefeito Josevaldo.

Para quem conhece bem a política brejense, sabe que a partir de agora a situação do prefeito Hilário Paulo deve ficar complicadíssima, devido a esta nova composição da mesa diretora da câmara, isso por que, o prefeito está fazendo uma administração considerada horrível, já perdeu 4 vereadores de sua bancada e de acordo com declarações do vereador e advogado Bolão, Hilário corre sérios riscos de ser afastado do cargo e até mesmo sofrer uma cassação devido a supostas irregularidades, que serão averiguadas com clareza já no início de 2019.

Do Estação Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário