terça-feira, 13 de novembro de 2018

Ação do MP pede interdição do matadouro público de Santa Cruz

O pedido foi desencadeado a partir de denúncias apresentadas pelo vereador Carlinhos da Cohab

O Ministério Público de Pernambuco, através do promotor Carlos Eugênio Lopes, ingressou com uma ação na Justiça pedindo a interdição imediata, mediante decisão liminar, do matadouro público municipal em Santa Cruz do Capibaribe. O pedido foi registrado na tarde desta segunda-feira (12), na Vara da Fazenda Pública da Comarca da mesma cidade. 

A medida foi proposta devido as más condições de funcionamento do local e também pelo descarte inapropriado de restos de animais em terrenos da zuna rural, conforme denunciou na imprensa o vereador Carlinhos da Cohab, no último dia 07 de novembro (relembre aqui).

O Ministério Público pede ainda que sejam realizadas obras que garantam o adequado funcionamento, condicionando a reabertura do matadouro a fiscalização prévia da APEVISA, ADAGRO e da Vigilância Sanitária. 

A Prefeitura deverá apresentar defesa nos próximos dias para tentar evitar a interdição total do local.

Do Estação Notícias / Ney Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário