quarta-feira, 28 de novembro de 2018

14 pessoas assassinadas em Pernambuco em 24 horas; Um homicídio e uma tentativa aconteceram em Caruaru

Nas últimas 24 horas, 14 pessoas foram assassinadas em Pernambuco, 5 na Região Metropolitana e 9 no interior do Estado. No ano são 3.727 homicídios, 1.498 no Grande Recife e 2.229 no interior.

Em Caruaru, um homem foi assassinado a tiros na BR-232, no sítio Alagoinha, na tarde desta terça-feira (27). Veronilson Pereira da Silva, 30 anos, foi morto com 3 tiros. Ele morava em Encruzilhada de São João, Bezerros, e volta do trabalho em uma pedreira de bicicleta.

Com este crime sobe para 11 o número de homicídios no mês de novembro em Caruaru e para 151 neste ano de 2018.

No bairro do Salgado, o dono de um mercadinho sofreu tentativa de homicídio na manhã desta terça, na Rua Barão. Gerôncio José de Souza, 28 anos, foi baleado dentro do estabelecimento por um desconhecido que chegou já atirando. Ele foi socorrido por um vizinho para a Policlínica do Salgado e depois transferido para o Hospital Regional do Agreste (HRA).

Em Toritama, um homem foi assassinado a tiros no Loteamento Planalto. Antônio Marcos da Silva, 41 anos, conduzia uma motocicleta quando foi abordado por desconhecidos que efetuaram os disparos. Ocorreu homicídio também em Camocim de São Félix.

Assalto

Dois jovens foram presos na tarde desta terça-feira (27), em Caruaru, após tomarem um veículo Fiat Uno de assalto, no bairro São Francisco. Eles não conseguiram sair com o carro devido complicação no trânsito e correram, mas foram pegos por policiais militares. Com Pedro Henrique da Silva Almeida, 21 anos, e Matheus Santos da Silva, 20, os policiais apreenderam um revólver calibre 38.

Prisão

Um homem foi preso na noite desta terça-feira (27), no Sítio Barra de Taquara, zona rural de Caruaru, suspeito de tentar estuprar um garotinho de 5 anos. A Polícia Militar foi acionada e quando chegou ao local o homem estava cercado por populares que queriam linchar o suspeito. Ele foi levado para o Plantão da 3ª Delegacia.

Do Estação Notícias / Central de Jornalismo Liberdade

Nenhum comentário:

Postar um comentário