quinta-feira, 5 de julho de 2018

Compesa inicia testes para colocar água do Rio São Francisco no Agreste Pernambucano

A pré-operação da Adutora do Moxotó e da Adutora do Agreste deve iniciar em breve

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) começou hoje (5), a fase de testes com água, no Sistema Adutor do Moxotó. O empreendimento será a primeira ligação do Eixo Leste da Transposição do Rio São Francisco com a região Agreste. A previsão é que no final deste mês, seja iniciada a pré-operação da adutora, com 70 quilômetros de extensão, da captação da água da Transposição na Barragem do Moxotó, localizada no distrito de Rio da Barra, em Sertânia, até a Estação de Tratamento de Água (ETA), no município de Arcoverde.

A expectativa da Companhia é  chegar com a água do Rio São Francisco até Arcoverde, até o final de julho, e já começar a testar o trecho até Tacaimbó, pela Adutora do Agreste.

No mês de agosto as águas do Velho Chico deverão chegar até São Caetano, depois de ter atendido Arcoverde, Pesqueira, Alagoinha, Sanharó, Belo Jardim e Tacaimbó. “A obra da Adutora do Moxotó foi a alternativa técnica encontrada pelo Governo Paulo Câmara para antecipar a chegada da água da Transposição para a região do Agreste, e a obra só será interrompida se o Governo Federal não mandar os R$ 68 milhões que estão pactuados”, pontua Roberto Tavares.

Do Estação Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário