sábado, 9 de julho de 2016

Roberto Asfora sofre nova derrota na justiça

O ex-prefeito do Brejo da Madre de Deus, Roberto Asfora (PSDB) está enfrentando na justiça um processo de improbidade administrativa que foi movido pelo Ministério Público de Pernambuco, por suposta contratação irregular de transporte escolar, fato que segundo a denúncia teria ocorrido no período do seu segundo mandato, que foi de 2004 a 2008.
Uma apelação cível (recurso) de Roberto Asfora foi julgada no Tribunal Regional Federal da 5ª Região na manhã da quinta-feira (07) e foi negado por unanimidade pelos desembargadores.

A condenação impõe ao político as seguintes sansões: suspensão dos direitos políticos por 04 (quatro) anos; perda da função pública de Prefeito de Brejo da Madre de Deus; pagamento de multa civil no valor de 40 vezes a remuneração que recebe como Prefeito de Brejo da Madre de Deus; proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, no prazo de 06 (SEIS) anos.

O Blog Estação Notícias entrou em contato com Roberto Asfora que afirmou que vai recorrer da decisão. E também explicou que transportou os alunos em jeep (Toyotas) ao invés de ônibus porque não tinha ônibus suficiente para transportar todos os alunos do município. E que os recursos vieram do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) que aprovaram suas contas, o que está acostado nos altos.

Do Estação Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário