segunda-feira, 13 de abril de 2015

Nível da Barragem de Santana II baixou muito e já preocupa a população brejense

Se não chover nos próximos dias, a cidade poderá enfrentar mais um colapso no abastecimento
É preocupante a situação da Barragem de Santana II em Brejo da Madre de Deus. A barragem ficou cheia e quase sangrou há poucos meses atrás, mas após a chegada do verão e também com o aumento da puxada de água por caminhões pipa para abastecer o distrito Fazenda Nova no período da Semana Santa, a água baixou rápido.

Como não choveu consideravelmente na zona brejeira nos últimos dias, atualmente a Barragem de Santana II está  com aproximadamente 35 a 40% de sua capacidade.  

Questionamos a gerência da Compesa se no momento haveria necessidade de um racionamento maior no abastecimento d’água e fomos informados que “o Brejo da Madre de Deus já passa por racionamento, e por hora, não tem como fazer um racionamento maior, visto que, se diminuirmos os dias de abastecimento em muitas ruas não chegaria água e dessa maneira teriam que ser abastecidas pelo caminhão pipa”, informou o responsável local.

O abastecimento d’água em Brejo da Madre de Deus está da seguinte maneira: setor 1 (da prefeitura para o Trevo) recebe água nas torneiras nas quartas, quintas, sextas e sábados e o setor 2 (da prefeitura para o centro da cidade) recebe água nos domingos, segundas e terças.

Ainda de acordo com informações de funcionários da Compesa, o período é de chuvas e acredita-se que nos próximos oito dias o nível da Barragem de Santana II possa está aumentando. 

O Brejo da Madre de Deus é uma das poucas cidades de Pernambuco que não está enfrentando um colapso no abastecimento d'água, mas a atual situação da Barragem de Santana II já preocupa.

Veja as fotos atuais da Barragem de Santana II:

Do Estação Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário