sábado, 13 de abril de 2019

JESUS – NASCIDO CRUCIFICADO


A morte de Jesus não foi o resultado de uma engenharia cosmológica em pânico. A cruz não foi uma surpresa trágica. A morte do Filho de Deus foi tudo, menos um perigo inesperado!

A morte de Jesus foi parte de um plano. Uma escolha calculada. A cruz foi escrita no script. Não foi acidente. Jesus nasceu crucificado. Sempre que Ele teve consciência de quem era, também teve consciência do que tinha que fazer. Isto explica a resolução em Suas palavras: “Por isso é que meu Pai me ama, porque eu dou a minha vida para retomá-la. Ninguém a tira de mim, mas eu a dou por minha espontânea vontade.” (João 10:17-18

Então, chame-a do que quiser. Um ato de graça. Um plano de redenção. O sacrifício de um mártir. Mas seja o que for de que você a chame, não chame de acidente. Foi tudo menos isto!

Nenhum comentário:

Postar um comentário