segunda-feira, 1 de abril de 2019

Bebê falece na Upa de Santa Cruz do Capibaribe e pais afirmam que houve negligência

Segundo Emanuel, o pai, o menino teve a primeira entrada registrada na UPA na madrugada de sábado

Na noite de domingo (31), a equipe de reportagem do Blog do Bruno Muniz entrou em contato com os pais da criança de apenas 1 mês que faleceu na madrugada de sábado (30) na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Santa Cruz do Capibaribe. Na ocasião, o pai do bebê conversou com a equipe do blog e afirmou que houve negligência por parte do atendimento realizado na unidade.

Segundo Emanuel, o pai, o menino teve a primeira entrada registrada na UPA na madrugada de sábado, onde foi atendido bastante pálido e chorando muito. Ao examiná-lo, o médico plantonista que não teve o nome informado teria afirmado que a criança estava apenas com cólica, mas que era normal. O mesmo ainda receitou para o garotinho uma gota de Simeticona, um medicamento para gases.

Após o atendimento, o casal e pai do bebê foi dispensado e levou a criança para casa, porém o menor piorou, ficando com um aspecto arroxeado e sem forças nem mesmo para chorar mais. De volta para UPA, a criança foi novamente atendida, porém acabou falecendo na unidade. Na mesma entrevista concedida ao blog, a mãe ressaltou que havia questionado o médico sobre a cor do bebê, mas o mesmo afirmou ser normal.
Agora, os pais pedem providências e investigações para com o caso, afirmando que o atendimento oferecido a criança não foi o adequado e que o procedimento correto poderia ter salvo a vida do seu respectivo filho. O caso em questão deverá inclusive ser analisado pela equipe que integra a Comissão Permanente de Saúde da Câmara Municipal de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe.

A nossa reportagem também entrou em contato com a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) local para buscar informações sobre o ocorrido. Até o fechamento dessa reportagem o porta-voz da unidade médica ainda não tinha se pronunciado a respeito.

Do Estação Notícias / Bruno Muniz

Nenhum comentário:

Postar um comentário