segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

Grávida é assassinada e acusado do crime sofre grave ferimento na cabeça; em Santa Cruz do Capibaribe

A vítima chegou a ser socorrida mais faleceu ao da entrada na UPA 24

Na noite deste domingo (10), uma mulher gravida de dois meses morreu depois de dar entrada na UPA 24h José Vieira Filho após ter sido esfaqueada na “Favelinha do papelão”, em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste do estado de Pernambuco.

Segundo informações, Gilmara Albuquerque da Silva, de 20 anos, se envolveu numa confusão com um elemento identificado como Givaldo de Souza, de 21 anos de idade e ocasião foi ferida com aproximadamente cinco golpes de faca. Ainda de acordo com informações após agredir a mulher, Givaldo foi agredido por uma terceira pessoa, com um instrumento perfuro cortante na altura da cabeça. 

A grávida e o agressor ferido foram levados para a UPA 24h de Santa Cruz e após dar entrada na unidade de saúde a mulher morreu e o homem foi transferido em estado grave para o HR (Hospital da Restauração) na cidade do Recife.

Gilmara era usuária de entorpecente e estava com um cigarro de maconha escondido no sutiã.

Do Estação Notícias / Jota Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário