quarta-feira, 23 de janeiro de 2019

Menino é espancado por vencer jogo de futebol e teve que amputar a perna, em Caruaru

A Mãe de Gabriel está desempregada e amigos fazem campanha para ajudar

Um caso de covardia quase tirou a vida de Gabriel José dos Santos, 10 anos. O menino, que reside em um bairro carente de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, foi espancado por dois estudantes por um motivo banal: ele venceu um jogo de futebol. Os adversários não teriam gostado da habilidade de Gabriel e, muito menos, dele ganhar a partida. O caso aconteceu em maio de 2018, mas foi divulgado nesta quarta-feira (23), pelo programa Balanço Geral.

O quadro de Gabriel foi se agravando. Internado, o quadro evoluiu para uma infecção generalizada e teve que amputar uma parte da perna direita para evitar contaminação para outras partes do corpo.

Em meio à tristeza, uma notícia boa: a coordenadora do centro de reabilitação do IMIP, Marcela Oliveira, informou que o hospital vai doar a prótese para Gabriel e ajudar nas sessões de fisioterapia. No entanto, a família precisa de ajuda: a mãe do jovem, Izabel, está desempregada e a única renda que tem é o valor de R$ 295 reais, que recebe do Bolsa-Família.

Quem quiser doar, basta entrar em contato no número (81) 9.9982-5062 e falar com a enfermeira Geo. Também foi criada uma vakinha online denominada “Ajude o Gabriel”.

Do Estação Notícias / Leia Já / Foto: Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário