quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

Casal suspeito de assassinar Frei Anderson volta a prisão acusado de latrocínio

O Frei teria sido morto após contratar a mulher para um programa sexual

O casal suspeito de assassinar Frei Anderson da Silva, de 32 anos, na noite do dia 1° de janeiro, foi preso pela segunda vez. A Elisângela Lins da Paixão, de 33 anos, foi presa na última terça-feira (15) e Felipe Martiniano Ferreira, de 25 anos, foi preso nesta quinta-feira (17). Eles foram levados para penitenciárias, acusados de latrocínio.

O delegado Márcio Cruz, titular da 20° DP de Homicídios, após investigações conseguiu um mandado de prisão preventiva.

De acordo com o delegado, na noite do crime, os acusados roubaram da vítima a carteira com dinheiro e celular.

De acordo com reportagem do NE10, o Frade foi morto após contratar uma garota de programa para fazer sexo. (veja aqui a matéria completa).
Entenda

Segundo informações da Delegacia de Caruaru, Anderson teria sido morto após contratar a mulher para um programa sexual. Um preservativo foi encontrado ao lado do corpo da vítima. A mulher teria visto uma grande quantidade de dinheiro na carteira do frade. Depois disso, teria chamado o segundo suspeito para, juntos, praticarem um roubo, que acabou com Anderson sendo assassinado.

Do Estação Notícias / Informações Edvaldo Magalhães / NE10 / fotos do casal Caruaru no Face

Nenhum comentário:

Postar um comentário