sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

Família pernambucana é feita refém e morta na troca de tiro entre bandidos e policiais no Ceará

O empresário de Serra Talhada foi feito refém pelos assaltantes quando estava indo buscar familiares no aeroporto de Juazeiro do Norte

Uma tentativa de assalto a bancos deixou 13 pessoas mortas na cidade de Milagres, no interior do Ceará. A troca de tiros entre policiais e bandidos aconteceu na madrugada desta sexta-feira (07).

Segundo a polícia, cinco pessoas da mesma família, que foram feitas reféns, morreram. Duas crianças estavam entre as vítimas. Eles moravam na cidade de Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco, e foram buscar parentes no Aeroporto de Juazeiro do Norte.
As vítimas são o empresário do ramo de informática João Batista Magalhães, o filho dele, Vinícius Magalhães, de apenas 14 anos, além de uma cunhada e um sobrinho do empreendedor.

Os criminosos tentaram roubar, ao mesmo tempo, duas agências bancárias de Milagres, porém, não conseguiram levar o dinheiro devido à ação da polícia no local.
De acordo com a PM, equipes de investigação fazem buscas na região, com objetivo de identificar e prender os integrantes da quadrilha que conseguiram fugir. Dois suspeitos foram presos.

Durante as buscas, um homem que usava um colete a prova de balas foi encontrado morto dentro de uma caminhonete. A polícia suspeita que ele seja um dos assaltantes que tentou fugir.
Do Estação Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário