segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

Com recorde de renda, Náutico vence amistoso em reencontro com os Aflitos

O placar de 1x0 foi construído com um gol, aos quatro minutos do primeiro tempo, marcado por Thiago

 Foram mais de quatro anos em silêncio. O vermelho das arquibancadas estava desbotando. As cadeiras, empoeiradas. A bola não rolava mais no gramado centenário. O estádio do Náutico virara apenas uma lembrança. Distante de quem mais o tratava com carinho, a torcida. Mas é difícil manter-se separado quando há um sentimento tão grande envolvido. Neste domingo, enfim, ele renasceu. Voltou a ser a casa de todos os alvirrubros. Uma festa que começou nas primeiras horas da manhã e foi finalizada com o amistoso diante do Newell’s Old Boys/ARG. Em campo, o Timbu ganhou por 1x0, mas o resultado da partida ficou em segundo plano. O grande protagonista foi Eládio de Barros Carvalho. Seja bem-vindo de volta, Aflitos.
Com um time repleto de atletas formados base – sete ao todo –, o técnico Márcio Goiano utilizou o amistoso para observar o rendimento da equipe após quase um mês de treinamentos. Da base titular, os remanescentes eram Assis, Camutanga, Josa e Wallace Pernambucano. Esse último, inclusive, foi o autor da arrancada pela direita que terminou com o cruzamento na medida para Tiago, de 17 anos, abrir o placar aos 4 minutos do 1º tempo. O primeiro gol do “novo Aflitos”.
No apito final, o torcedor alvirrubro voltou a comemorar uma vitória nos Aflitos. O resultado também garantiu ao clube o "Troféu Gena", título criado em homenagem ao ex-ídolo alvirrubro que faleceu em novembro.

Bilheteria

Com um Público de 17.357 e R$ 1.576, 200 de renda, o Náutico bateu o recorde de bilheteria de Pernambuco.

Do Estação Notícias / FolhaPE

Nenhum comentário:

Postar um comentário