quarta-feira, 24 de outubro de 2018

Mais um vigilante é executado em Brejo da Madre de Deus

O crime ocorreu no momento do fechamento do comércio
Segundo informações, Pita estava planejando ir para São Paulo após a eleição

Uma hora antes da inauguração do Centro Integrado de Segurança em Brejo da Madre de Deus, o vigilante Messias Calixto da Silva Santos, conhecido por Pita, de 48 anos, foi executado no momento em que estava na esquina de uma loja no início da Avenida Cleto Campelo, próximo ao banco do Bradesco.

De acordo com informações repassadas com exclusividade ao Blog Estação Notícias, próximo das 18h, Pita estacionou sua moto e ficou na esquina de uma loja observando o movimento do comércio que já estava fechando as portas.
O vigilante estava na esquina observando o movimento do comércio

No momento em que o vigilante conversava com uma funcionária de uma loja, um elemento usando capacete chegou de repente e efetuou vários disparos contra o rosto do vigilante e fugiu em uma moto. Pita morreu na hora.

Segundo informações, a mulher que estava conversando com o vigilante não se feriu, mas ficou em estado de choque.
Pita foi executado com vários tiros no rosto. O vigilante estava com uma faca pexeira na cintura

A funcionária de outro estabelecimento comercial que fica na mesma rua onde ocorreu a execução, disse a nossa reportagem que há cerca de três meses o vigilante tinha mudado de comportamento.

“Pita já estava estranho fazia uns três meses, ele andava assustado, já tinha vendido vários móveis e chegou a afirmar que viajaria para São Paulo após o 2º turno da Eleição”, contou a mulher que iremos preservar sua identidade.
A moto do vigilante ficou estacionada próximo ao local do crime

No passado Pita assassinou a facada um cidadão após um desentendimento há quase 15 anos em um bar no Trevo do Brejo.

As polícias civil e militar estiveram no local isolando a área do crime e realizando os procedimentos de praxe para a remoção do corpo e encaminhamento ao IML.

A polícia deve abrir uma investigação para elucidar o crime.

Do Estação Notícias (matéria atualizada às 19h30min)

Nenhum comentário:

Postar um comentário