terça-feira, 30 de outubro de 2018

Costureira é mordida por gato e na policlínica de São Domingos não tem o medicamento prescrito pelo médico


“Meu irmão comeu puro, por que o dinheiro que tinha para comprar a carne teve que comprar a injeção para sua esposa” afirmou cidadão

O estampador José Vanderlei Florêncio da Silva, conhecido por Neném, morador do Bairro Boa Esperança no Distrito São Domingos, em Brejo da Madre De Deus, fez um desabafo através de um vídeo onde o mesmo relata um fato lamentável que ocorreu na semana passada na policlínica local.

De acordo com o estampador, após um gato ter mordido o pé de sua cunhada Maria de Fátima, que é costureira e também moradora do Boa Esperança, ela foi levada para a policlínica onde o médico prescreveu para ela tomar a Benzetacil, mas quando chegou na sala onde seria aplicada a medicação, foi informada que não tinha o medicamento e que ela teria que comprar em uma farmácia particular.

O marido de Maria de Fátima estava com R$ 20 reais no bolso que seria para comprar a carne para o almoço, mas teve que comprar o medicamento e comer puro.

“Isso é uma vergonha! Hilário abra os olhos, se o secretário de Saúde não está atendendo bem e nem fornecendo os medicamentos corretamente para a policlínica, e os postinhos de saúde, troque este secretário; ou então converse com ele e veja o que ele faz, não deixa isso ficar acontecendo com a população não Hilário”, reclamou Neném.
Nesta foto registrada nesta terça-feira (30) podemos ver que o pé da costureira ainda está inchado

Maria de Fátima ficou com o pé inchado e não pode trabalhar durante vários dias. Somente esta semana a costureira conseguiu retornar as suas atividades de trabalho.

O Blog Estação Notícias questionou o assessor da Secretaria de Saúde, Frailan Mota, sobre o ocorrido. O mesmo afirmou que “ultimamente Benzetacil está em falta nos nossos fornecedores. Em alguns casos a gente tem substituído por eritromicina, mas essa é bem agressiva ao estômago e alguns pacientes são alérgicos”, disse.

Frailan ainda afirmou que ninguém manda paciente comprar remédio e se está faltando outros tipos de medicação, até o momento não foi comunicado.

Do Estação Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário