quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Mãe esfaqueia filha em após discusão em Santa Cruz do Capibaribe

Na noite desta terça-feira (25) uma mulher foi socorrida para a UPA de Santa Cruz do Capibaribe, após ser esfaqueada pela mãe. O fato aconteceu na conhecida “Rua da Creche”, Bairro Santo Agostinho em Santa Cruz do Capibaribe.

A vítima Narah Regina Lins da Silva (26 anos) relatou que estava na residência de sua mãe, Angelita Maria da Silva (44 anos), onde houve um desentendimento entre elas, foi quando a sua genitora se armou de uma faca peixeira e desferiu uma facada em suas costas.

Narah foi socorrida por populares e conduzida para a UPA local, onde recebeu os primeiros atendimentos médicos e teve o quadro de saúde estabilizado.

Após buscas realizadas pela Polícia Militar na localidade, a acusada foi detida em sua residência e a faca também foi encontrada no local.
Em entrevista concedida ao Santa Cruz Online, Angelita Maria da Silva falou sobre o caso. A entrevista foi concedida ao repórter Jabson Nunes ainda na delegacia. A mulher, que alegou tomar remédios controlados, também disse que já havia um desentendimento entre as duas e não teria havido nenhuma discussão ou briga no momento do caso.

“A gente já vinha meio assim uma com a outra… Mas só coisas de família. Aconteceu, foi por impulso e me arrependo” – disse.

A vítima alegou sofrer de depressão e também ser ex-alcoólatra.

Um dos policiais que acompanhou o caso citou que familiares queriam levá-la ao médico devido ao problema de depressão e que o esfaqueamento aconteceu porque ela não queria ir.

Angelita foi autuada na delegacia por tentativa de homicídio e deve ser apresentada nesta quarta-feira (26) em audiência de custódia.

Do Estação Notícias / Ney Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário