sábado, 1 de setembro de 2018

Entrevista – Roberto Asfora fala de desistência de candidatura, apoio a Tallys Maia e critica dissidentes em Brejo

Na tarde desta sexta-feira (31) o jornalista Ney Lima recebeu o ex-prefeito de Brejo da madre de Deus, Roberto Asfora (PSC). O político concedeu entrevista, onde falou sobre sua desistência em disputar as eleições deste ano como candidato a deputado estadual, o apoio à candidatura de Tallys Maia ao mesmo posto e também os vereadores do grupo de oposição que decidiram apoiar o projeto de Diogo Moraes (PSB).

Desistência da candidatura

“O meu interesse era sair como candidato a estadual, mas hoje faço parte do grupo dos Ferreiras e decidi declinar da minha candidatura. Sou uma pessoa que gosto muito de executar, de criar e fazer… Vi que; pensando bem, na assembleia são 49 deputados estaduais e não seria aquilo que eu pesava e peso a, realmente, trabalhar pelo município. Estando como prefeito, você pode fazer acontecer” – disse.

Questionado se essa desistência não estaria condicionada aos problemas jurídicos que aconteceram nas eleições 2016, ao qual ele a época disputava a prefeitura brejense e desistiu do pleito na reta final, colocando a esposa em seu lugar.

“Coloquei minha mulher porque tinha receio de ganhar a candidatura, sub judice, e pudesse haver algum acidente de eu ser condenado e ter que sair. Para não frustrar mais uma vez o povo, que respeito muito e por terem me dado três mandatos, declinei da minha candidatura e coloque minha mulher. Ela entrou em 20 de setembro e dois dias depois fui julgado e inocentado – frisou.

Apoio a Tallys Maia

De acordo com ele, a mudança pelo nome de Tallys se veio a dois fatores, sendo o primeiro deles a eleição de apoios como a prefeita Raquel Lyra (PSB) e também Anderson Ferreira, eleito prefeito, falando de Tallys em seguida.

“Acho ele um nome muito bom para a assembleia legislativa e também para reivindicar o que Santa Cruz, Brejo e o agreste precisam. Precisamos de jovens e homens que lutam, que tenham interesse pelo bem comum”.
Parte de antigos aliados apoiando Diogo Moraes

Roberto foi questionado sobre o que acha de parte de seus antigos aliados na Câmara passarem a apoiar o projeto eleitoral de Diogo Moraes, além do que poderia ficar desse grupo dependendo do resultado nas urnas.

Dizendo não se sentir preocupado, citou os nomes do filho Robertinho Asfora e de Val Lima, ambos vereadores e foi mais além:

“Temporariamente eles não estão no grupo, mas não tenho preocupação. O povo que vota em nossos candidatos a pedido de Roberto Asfora. Anderson Ferreira e Raquel Lyra tiveram quase sete mil votos aqui e vinham aqui muito pouco. Se tiveram essa votação expressiva foi porque essa população confia em mim e vamos ver isso agora” – disse.

Questionado se essa sua força política poderia resultar em uma votação maior do que a dos três vereadores que passaram a apoiar Diogo Moraes, ele disse:

“Isso é o que vamos ver agora, quem é que o povo vai escolher… Se são os três vereadores que me deixaram ou se a um pedido de Roberto Asfora, pedindo por Tallys Maia, pelo deputado André Ferreira, por Armando Monteiro que tem na sua vice o Fred Ferreira, que é do nosso grupo e também Mendonça Filho” – frisou.

Viabilidade de eleição

Outro ponto: se candidatura de Tallys teria potencial suficiente a uma eleição.
“Isso ninguém pode garantir, pois na época que eu apoiei Diogo, quando ele era vereador, teve 6800 votos comigo e se elegeu deputado. Isso é muito relativo e acho Tallys um bom nome. Há um sentimento de mudança e ele vai ser o majoritário em Brejo, superar isso tudo e se eleger deputado” – concluiu.

Do Estação Notícias / Ney Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário