sexta-feira, 31 de agosto de 2018

Operação remove mais de 3 toneladas de fios de telefonia irregulares em postes de Caruaru

As ações visam o cumprimento dos padrões técnicos exigidos pela Celpe aos provedores de internet

Aproximadamente 3,5 toneladas de fios de telefonia instalados irregularmente foram removidas dos postes da Avenida Agamenon Magalhães, em Caruaru. Em 15 dias de operação, a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) percorreu 5,4 quilômetros de um dos principais corredores viários da cidade, fiscalizando 90 postes. Por conta das irregularidades, sete provedores de internet clandestinos foram removidos e outros cinco, em situação irregular com a companhia, foram notificados para adequação no projeto de utilização dos postes da concessionária. No total, 24 empresas da região foram prejudicadas pela instalação irregular de fios por parte dos provedores de internet.
Ação da Celpe foi realizada na Avenida Agamenon Magalhães, um dos principais corredores viários da cidade com a finalidade de garantir condições de segurança da rede e reduzir a poluição visual

Em função da retirada de fios, a Celpe orienta os usuários que eventualmente tenham os serviços de internet e TV a cabo interrompidos a procurarem seus provedores para obter esclarecimentos. “As ações preventivas de ordenamento visam o cumprimento dos padrões técnicos exigidos pela Celpe aos provedores de internet, o que impacta diretamente na redução da poluição visual e garante que as normas de segurança estão sendo cumpridas. Trabalhamos com tolerância zero às instalações irregulares, e estamos intensificando as atividades de combate ao desvio de padrão na instalação de cabos de internet em nossos postes”, comenta Evandro Simões, gerente Operacional da Celpe. 
Sobre a Celpe 

A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe), empresa do Grupo Neoenergia, distribui energia elétrica para os 184 municípios de Pernambuco e para a cidade de Pedras de Fogo, na Paraíba. Também é responsável pela geração e distribuição de energia elétrica no Arquipélago de Fernando de Noronha. Sua área de concessão é de 98,5 mil quilômetros quadrados. A empresa tem 3,6 milhões de clientes (9,4 milhões de habitantes).

Do Estação Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário