sexta-feira, 3 de agosto de 2018

Aumenta o número de casos de picadas por escorpião em Brejo da Madre de Deus; saiba como se proteger

Nos últimos três meses os ataques têm se intensificado na sede do município

Os casos de picada de escorpiões têm aumentado em Brejo da Madre de Deus, Agreste de Pernambuco. De acordo com informações do setor de epidemiologia do município, de janeiro até julho deste ano, foram registrados 15 casos de picada de escorpiões no distrito São Domingos e 28 casos em Brejo Sede. Ainda existem outros casos confirmados, porém, como as vítimas não compareceram em alguma unidade de saúde, não entram nas estatísticas.

É grande a diferença de registros de ataques de escorpiões entre a sede do Brejo o distrito São Domingos, mas isso se explica praticamente devido a quantidade de chuva também ser maior na sede, que teve um aumento significativo de picadas de escorpiões nos últimos 3 meses, o que corresponde ao período chuvoso.

Normalmente escondidos em redes de esgoto e entulho, os escorpiões migram para casas e quintais no período das chuvas. Por isso, é importante intensificar os cuidados para evitar ataques.
A população brejense deve estar atenta para evitar entulhos e lixos perto de casa, tapar buracos e frestas existentes nas residências, limpar constantemente ralos de banheiros e cozinhas, além de evitar a presença de baratas, inseto preferido na cadeia alimentar do escorpião, são medidas que podem evitar o surgimento e ataques de escorpiões.

A maior preocupação é com as crianças, já que o escorpião da espécie amarela pode matar uma pessoa até 40 quilos. Em caso de picada, a vítima deve procurar uma unidade de saúde que tenha o soro (antiescorpiônico).

Adultos também devem ir a serviços de saúde, onde profissionais avaliam o caso para tratar apenas a dor local ou, se necessário, também indicar o soro, que geralmente é prescrito quando aparecem sinais como náuseas, vômito e suor excessivo.

Do Estação Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário