sexta-feira, 20 de julho de 2018

Jovem que teve participação na morte da manicure Adriane, morta há três anos em Caruaru, foi assassinado em São Domingos, distrito do Brejo

 
Polícia acredita que a foto da vítima morta tenha sido tirada pelo próprio assassino

Na tarde desta quinta-feira (19), foi registrado um homicídio no distrito São Domingos, em Brejo da Madre de Deus. O corpo foi localizado próximo a estrada que dá acesso ao Sítio Miguel Velho, na zona rural. De acordo com as informações, a vítima foi identificada por Ewerton Henrique de Mendonça Pires, vulgo “Evinho” de 26 anos, que também residia na Travessa Colômbia, no distrito citado. Policiais civis que estiveram na ocorrência acreditam que ele teria sido assassinado em outro lugar e depois teve o corpo jogado no local onde foi localizado.
“Evinho” era acusado de participação na morte da manicure, Maria Adriane Lima da Silva, de 28 anos, que foi morta a tiros no ano de 2015, dentro do seu salão de beleza, na Rua Coronel Limeira, por trás do Colégio Vicente Monteiro, no centro de Caruaru. Ela era esposa de Alexsandro Bezerra de Souza, vulgo “Leque”, que na época, cumpria pena na Penitenciária Juiz Plácido de Souza e que se desentendeu com outro detento, Rosinaldo Martins dos Santos, que foi transferido para o presídio de Limoeiro e que segundo a polícia, mesmo preso, teria encomendado a morte da vítima para se vingar do desafeto. A foto do “Evinho” morto foi viralizada nas redes sociais ainda na noite da quarta (18), e a polícia acredita que a mesma foto foi tirada pelo assassino que mandou para alguém e vazou.
Do Estação Notícias / Adielson Galvão

Nenhum comentário:

Postar um comentário