segunda-feira, 9 de julho de 2018

Casal é preso em Caruaru após se passar por Policial Civil e afilhada de delegado para conseguirem hospedagem em hotel

Hospedados há quase dois meses, a conta já ultrapassava os R$ 9 mil

Um homem e uma mulher foram presos em Caruaru, no sábado passado (7), após o gerente de um hotel no centro da cidade ter comunicado à polícia que estava suspeitando que o casal estaria aplicando um golpe.

O gerente disse que o homem afirmava ser policial civil e a mulher que estava com ele dizia ser afilhada do delegado, e que este suposto delegado estava indo pagar a conta do casal, que já ultrapassava os R$ 9 mil em dois meses de hospedagem.

Quando a polícia pediu que o suposto policial apresentasse sua identificação, o mesmo alegou que o delegado estava com a sua funcional, a arma, e também o distintivo.

Diante dos fatos os verdadeiros policiais levaram para a delegacia Maria Graciele da Silva, de 21 anos, que mora em São Caetano e Marcislandio Marcelino da Silva, de 31 anos residente no sítio Peladas, zona rural de Caruaru.

O casal de estelionatários foi encaminhado para delegacia onde continuaram sustentando a mesma conversa de que era policial e afilhada de delegado. A polícia descobriu que os dois já teriam aplicado golpes em três pessoas. Eles foram autuados pelos crimes de estelionato e contravenção penal. O casal vai passar por audiência de custódia.

Do Estação Notícias / Informações Adielson Galvão

Nenhum comentário:

Postar um comentário