quinta-feira, 7 de junho de 2018

“Não votarei nada que venha do poder executivo em relação a matéria financeira enquanto o prefeito não honrar o compromisso com os professores”, afirma vereador Robertinho

O vereador Robertinho (PSB) continuou alertando sobre o limite prudencial com o gasto com o pessoal da prefeitura e lembrou que o prefeito está caminhando para se tornar inelegível por inchar a máquina, que atinge hoje mais de 77% do gasto com o pessoal, sendo que o limite prudencial indicado pelo Tribunal de Contas do Estado é de 54%.

O vereador ainda destacou o sofrimento a população pelos problemas que estão acontecendo como o ônibus da cidade que quebrou e foi empurrado por alunos no distrito de São Domingos.

Robertinho finalizou declarando que não irá votar em nada que venha do poder executivo em relação a matéria financeira, enquanto o prefeito não honrar o compromisso feito, porém não cumprido com os professores e também pediu o compromisso dos vereados presentes para que façam o mesmo.

Do Estação Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário