sexta-feira, 25 de maio de 2018

Imagens aéreas mostram a movimentação dos bandidos e reféns em frente a agência bancária atacada Brejo


Bandidos tentaram abater o drone. A polícia pensou que aeronave não tripulada estava sendo usada pelos criminosos

Minutos após o início do ataque criminoso a agência do Banco do Brasil em Brejo da Madre de Deus, na madrugada desta sexta-feira (25), um cidadão brejense, até agora não identificado, de sua residência subiu o drone e começou a sobrevoar a região central da cidade, onde ocorria o assalto.

Por algumas vezes os bandidos tentaram abater a aeronave não tripulada, mas não obtiveram êxito. A polícia chegou a pensar que o drone estava sendo usado a serviço dos criminosos para monitorar a PM.

No final das contas, o “maluco do drone” conseguiu registrar imagens aéreas da ação criminosa que estava acontecendo. É possível ver os reféns andando juntos formando uma barreira em frente a agência, um dos criminosos com uma lanterna na mão e outro correndo para entrar na agência e um motoqueiro passando por trás do prédio com o farol provavelmente desligado.

Em outro vídeo, um jovem menor de idade que foi feito refém, mostra os chocolates que ganhou dos criminosos.

Do Estação Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário