terça-feira, 15 de maio de 2018

Professores fazem protesto na sede do Brejo da Madre de Deus. Categoria quer reajuste salarial, mas até agora não obtiveram êxito

Confira parte do percurso da manifestação

Nesta terça (15), parte dos professores municipais do Brejo da Madre de Deus, Agreste pernambucano, foram as ruas da sede do município em manifestação pacifica  reivindicando reajuste salarial de 6,81% e outros direitos da classe.

Os professores se concentraram em frente ao SINDIBREJO no centro da cidade, e logo em seguida, caminharam pelas principais ruas com faixas e gritando palavras de ordem e de repúdio ao governo Hilário Paulo. Os manifestantes passaram em frente à Câmara de Vereadores, a casa do Prefeito Hilário e as Escolas José Inácio e Maria da Glória, de onde seguiram até a prefeitura e foram tentar falar com o prefeito, mas foram recebidos pelos secretários Tobias e Aelson, já que o Hilário Paulo está em Brasília.

Após dois dias de paralisação e manifestação, os professores não avançaram em negociação e lamentaram a situação.

Ficou decido que a categoria continua em estado de greve, porém, volta as atividades normais nesta quarta-feira (16), e até a sexta-feira (18), será marcada a data de uma nova assembleia para deliberar se vai ter greve ou não.

Veja o que disse a presidente do SINDIBREJO Wilma Azevedo
Após conversar com os secretários, a presidente do SINDUPROM fala com os professores e diz que não avançaram em nada

Do Estação Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário