sexta-feira, 27 de abril de 2018

Diogo Moraes comemora assinatura da implantação da Adutora de Serro Azul

Iniciativa beneficiará 1,5 milhão de habitantes de 10 municípios pernambucanos, entre eles, Santa Cruz do Capibaribe, Toritama e Caruaru, localizados no Polo de Confecções do Agreste


Nesta quinta-feira (26), o deputado estadual e primeiro-secretário da Alepe, Diogo Moraes (PSB), esteve na cidade de Caruaru, Agreste pernambucano, para cumprir uma movimentada agenda ao lado do governador do estado, Paulo Câmara (PSB). Na ocasião, o parlamentar participou da assinatura de Ordem de Serviço para a implantação da Adutora de Serro Azul, um Sistema Adutor, que terá capacidade de transportar 500 l/s, beneficiando 1,5 milhão de pessoas na região. A obra terá um aporte de R$ 200 milhões e um prazo de execução de 15 meses.
Diogo Moraes avaliou a obra como de extrema importância, uma vez que a região é uma das que mais sofre com a captação de recursos hídricos e uma das que mais sofreu com a seca dos últimos anos. "Em um possível ciclo de seca, nós teremos um sistema integrado de maior quantidade de tubos do mundo para levar água e tranquilidade para o nosso povo. Tudo isto que estamos vivendo hoje é fruto de um trabalho árduo, de um trabalho visando o futuro do povo de Pernambuco", destacou o deputado.
O governador Paulo Câmara destacou a importância de planejamento para evitar problemas futuros com a falta de água. "Nós sabemos o quanto já sofreu o Agreste durante estes sete anos. Mas a gente se preparou, com planejamento, para que, mesmo ocorrendo a seca nos próximos anos, nós tenhamos obras estruturadoras que vão fazer com que as cidades não sofram mais com abastecimento", enfatizou.
A Adutora de Serro Azul irá atender as cidades de Belo Jardim, Sanharó, Caruaru, Tacaimbó, São Bento do Una, São Caetano, Santa Cruz do Capibaribe, Toritama, Bezerros e Gravatá. Durante a solenidade, o governador também assinou uma Ordem de Serviço de dois Planos Regionais de Saneamento Básico (PRSB) das bacias hidrográficas do Rio Ipojuca e do Rio Capibaribe, que irão beneficiar 49 municípios, localizados nas duas bacias, com serviços de abastecimento de água potável e esgotamento sanitário.
O presidente da Compesa, Roberto Tavares, ressaltou a importância da Adutora de Serro Azul e dos planos regionais de saneamento. "Uma obra de 200 milhões de reais que vai trazer água lá de Palmares, da barragem de Serro Azul, para todo o Agreste. Um compromisso importante, não só com a adutora, mas também com os planos regionais de saneamento que vão preparar o Rio Ipojuca e o Rio Capibaribe para serem os primeiros rios completamente saneados. São dois planos diferentes, um para a bacia do Rio Ipojuca e outro para a do Rio Capibaribe, perfazendo 49 municípios. Então, vamos deixar esses planos prontos, para que depois nós possamos captar recursos e fazer mais obras”, pontuou.

Do Estação Notícias / Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário