sábado, 24 de fevereiro de 2018

Campanha causa polêmica e constrangimento em Brejo

Clebson está internado na UTI do Hospital do Câncer no Recife

Uma família do sítio Bagageiro, que fica vizinho ao distrito Barra de Farias em Brejo da Madre de Deus, está passando por momentos difíceis devido ao gravíssimo problema de saúde do adolescente Clebson José, de 15 anos, que está internado na UTI do Hospital do Câncer no Recife.

Recentemente o irmão do jovem pediu pelas redes sociais que as pessoas ajudassem doando sangue para o seu irmão. Mas algumas pessoas também tiveram a ideia de fazer uma campanha para arrecadar dinheiro, com a intenção de ajudar a mãe do garoto que está há mais de um mês cuidando do filho.

Na sexta-feira (23), Márcia Batista, moradora da Rua São José em Brejo, junto com outras duas amigas, deu início a uma campanha utilizando grupos de WhatsApp. O caso virou polêmica, isso por que a família não gostou da atitude de fazer a campanha sem o consentimento, usando a foto do garoto.

Quem tomou a frente com a intenção de parar a campanha foi à amiga intima da família Adilza Santana. Ela entrou em contato com o Blog Estação Notícias solicitando ajuda para que a campanha não fosse à frente.

“Uma pessoa está usando a imagem de Clebson José, que encontra-se internado no Hospital do Câncer na UTI, para arrecadar dinheiro. Isso não passa de uma fraude, pois o mesmo Graças a Deus não está precisando de dinheiro, sua mãe foi bem acolhida na casa de apoio em Recife e não está precisando de dinheiro. Apenas de oração e doação de sangue do tipo O+”, contou Adilza.

Após os comentários na cidade, Márcia Batista, idealizadora da campanha, também procurou a nossa redação e falou sobre o caso, explicando que não usou de má fé e que a intenção era de ajudar a família.

“Quando vi a foto da criança naquela situação eu senti que poderíamos ajudar a família que está passando por este momento difícil. Eu não usei de má fé, só queria ajudar. Sei que errei por não ter antes comunicado a família. Quando eu falei com a mãe do garoto, ela disse que não gostou da nossa atitude e que não aceitaria dinheiro nenhum, e que seu filho precisava apenas oração. Então eu me desculpei com ela e devolvi o dinheiro a todas as pessoas que ajudaram, expliquei o que havia ocorrido e pedi perdão pelo constrangimento. Todos compreenderam minha intenção de ajudar”, contou Márcia.

Aconselhadas pelo Blog Estação Notícias, Adilza e Márcia conversaram pessoalmente na tarde deste sábado (24), elas se entenderam e colocaram um ponto final nesta polêmica.

Do Estação Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário