quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Após pressão de servidores, sindicatos e vereadores, prefeito Hilário recua e manda retira projetos da câmara

A pressão foi grande em cima do prefeito Hilário Paulo, que enviou para a câmara de vereadores dois projetos de lei querendo reformular o Estatuto dos Servidores Municipais e o plano de Cargo, Carreira e Salário dos Professores do Brejo da Madre de Deus.

Os servidores e professores ficaram revoltados, afirmaram que, nem eles nem os sindicatos foram comunicados e nem puderam participar de alguma discussão para elaboração destes projetos.
Servidores na câmara cobrando a retirada dos projetos

O Blog Estação Notícias obteve informações de que após a pressão dos servidores, sindicatos e vereadores, que assinaram e protocolaram na prefeitura um documento pedindo ao prefeito que ele tivesse consciência do erro e retirasse os projetos da câmara, o chefe do poder executivo votou atrás e tomou a decisão da retirada dos projetos da câmara.
Professor Ronaldo Dias olho no olho com o vereador Flávio Diniz, alertando para o que estavam querendo fazer com a categoria

Em entrevista na manhã desta quinta-feira (18) na Rádio Polo FM em Santa Cruz do Capibaribe, o prefeito Hilário Paulo confirmou sua decisão e disse que vai retirar os projetos e dar um prazo para que os sindicatos discutam o assunto com as categorias.


“Ontem recebemos um ofício dos sindicatos, do Siduprom, Sindibrejo e também do vereador de oposição Jobson Barros e a gente retira os projetos e vamos dar um prazo a eles de 15 a 20 dias para que aconteçam as discussões e que os sindicatos façam as assembleia, mas também ouçam a nossa assessoria técnica para que possamos apresentar os dados, para eles entenderam como está o nosso município e a situação que pode chegar se não fizermos esta reformulação. Se nada for feito poderemos chegar ponto de ter que demitir professor efetivo e fechar escolas”, falou o prefeito.

Do Estação Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário