domingo, 17 de dezembro de 2017

Final de semana sinistro em Caruaru: Mulher foi encontrada morta no jardim da prefeitura, e dois jovens foram assassinados, um na vila Rafael e outro próximo ao Alto do Moura

Mulher foi encontrada morta no jardim da Prefeitura de Caruaru
Uma mulher identificada apenas por Janaína foi encontrada morta na manhã do sábado (16) na Praça Senador Teotônio Vilela, no jardim da Prefeitura de Caruaru. Janaína estava deitava em cima de um papelão, emborcada e apresentava sangramento na boca e ao lado do corpo. Foram encontrados dois preservativos e aparentava que teria sido assassinada. Porém, com a perícia do Instituto de Criminalística não foi constatada nenhuma lesão e o caso foi registrado como morte a esclarecer.
O Perito Criminal Dr. Carlos Henrique, disse que só o Exame Tanatoscópico realizado no IML será capaz de determinar a causa da morte, e pela rigidez cadavérica, o óbito teria ocorrido por volta das 3 horas da madrugada a há uma grande probabilidade da vitima ter morrido de um mal súbito.

Jovem foi encontrado morto a tiros em vala na BR 232, próximo ao residencial Alto do Moura

Foi encontrado morto no final da tarde deste sábado (16), dentro da vala que divide as faixas da BR 232, próximo ao Residencial Auto do Moura, na saída de Caruaru, o jovem, Walisson Luan dos Santos Silva, de 25 anos, que morava na Vila Nossa Senhora das Graças, no bairro Alto do Moura.
A Policia Rodoviária Federal foi informada por uma viatura da Polícia Militar que existia no km 137 da BR 232, um corpo caído na vala que divide o fluxo da rodovia. Ao chegarem ao local, precisamente às 18h, identificou tratar-se de um homicídio por disparo de arma de fogo, sendo visível um tiro a queima roupa no pescoço da vítima que já apresentava morte iminente.
Este rapaz estava acompanhado do amigo Jonny Alisson dos Santos, de 21 anos, que deu entrada no Hospital Regional do Agreste, levado pelo Samu durante a madrugada. Acredita-se que foi baleado por que estava cometendo assaltos. E na pericia da morte do Walisson constatou-se que o corpo foi desovado naquele local.
Foi assassinado a tiros no final da noite deste sábado (16), na Rua Hélio Mota, no distrito do Rafael, na zona rural de Caruaru, o ex-presidiário, João Vitor Alves da Silva, de 18 anos, que morava na mesma rua do fato. Ele estava bebendo com amigos e familiares quando foram surpreendidos com a chegada de dois homens em uma moto que efetuaram os disparos.

Familiares informaram que ele já foi preso com base na Lei Maria da Penha e trabalhava como servente de pedreiro. Há alguns dias foi avisado que iria ser assassinado caso continuasse andando com dois dos seus amigos que estão jurados de morte, e ontem, um carro preto foi visto varias vezes rondando a sua casa. Um desses seus amigos que estão jurados de morte bebia com ele quando o mesmo foi assassinado, e só não foi morto porque saiu correndo e se embrenhou no mato.

Do Estação Notícias / Adielson Galvão

Nenhum comentário:

Postar um comentário