quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Prefeito de Brejo inchou a máquina administrativa e agora terá que demitir 500 servidores contratados

O corte deve afetar a vida das famílias, o comércio brejense e os serviços oferecidos pela prefeitura 

Cerca de 500 funcionários contratados serão demitidos na cidade de Brejo da Madre de Deus. O próprio prefeito Hilário Paulo confirmou ontem ao blog do Ney Lima, que a medida já está sendo tomada para equilibrar os gastos na folha de pagamento que está em desacordo com a Lei de Responsabilidade Fiscal, que permite até 54% de suas receitas para pagamento de pessoal.

O arrocho sofrido pelo prefeito deve afetar politicamente em 2018, tendo em vista que parte da população brejense depende do emprego na prefeitura.

Os serviços oferecidos à população devem sofrer com a saída dos 500 servidores.
A prática em empregar aliados políticos, vem comprometendo a vida de políticos, sobretudo, do interior do Brasil.

Do Estação Notícias / Marcone Moreno

Nenhum comentário:

Postar um comentário