quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Filho de 14 anos matou a própria mãe em Orobó

Mulher teria sido morta porque impediu o filho de sair de casa

Um adolescente de 14 anos foi apreendido na tarde desta terça-feira (24), em Orobó.  Ele confessou ter matado por asfixia a própria mãe, a auxiliar de serviços gerais, Luzinete Severina da Silva, de 37 anos. O crime aconteceu na residência da família, situada na Avenida Júlio B. de Melo, no Bairro Nova Esperança.  O menor foi localizado em uma área próxima onde ocorreu o assassinato. Após a agressão, ele ainda teria avisado à avó que a mãe estava passando mal. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas ao chegar ao local, a mulher já estava sem vida. O rapaz é filho único da vítima.

Na Delegacia de Polícia Civil, o jovem confessou o crime, alegando que enforcou a mãe com as mãos porque ela não teria permitido que ele saísse de casa. O adolescente é ex-interno da Funase (Fundação de Atendimento Socioeducativo), em Caruaru, onde permaneceu durante 45 dias por uso de drogas e pelo histórico de agressões à genitora.

Segundo à Polícia Militar, no dia em que foi encaminhado para cumprir a medida, ele ameaçou a mãe de morte. Levado para a Delegacia Seccional de Limoeiro, o menor será conduzido novamente a uma unidade da Funase. O corpo da vitima foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) em Recife.

Do Estação Notícias / Sérgio Ramos / Foto: Facebook 

Nenhum comentário:

Postar um comentário