quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Vigilante do CRAS do bairro São Francisco foi morto na porta de casa no bairro Salgado

Por volta das 8h20min da manhã desta quarta-feira (27) foi registrado um crime de morte em Caruaru. O fato ocorreu na 3ª Travessa Amilson Afonso, no bairro Salgado e teve como vítima, Edmilson Marques Miranda, que era conhecido por “Nego Milson” de 49 anos, que morava a poucos metros de onde foi morto a tiros.

A esposa da vítima, Joselma dos Santos, disse que o marido foi jogador de futebol profissional e que tinha acabado de chegar do Cras do bairro São Francisco onde trabalhava como vigilante há seis anos, falou com ela e as filhas e ao colocar os pássaros na cerca de arame farpado para tomar sol foi abordado por alguém. Ela disse que só escutou ele gritando que não tinha dinheiro e ouviu alguns disparos, nisso saiu para vê o que tinha acontecido. Edmilson estava caído e o algoz saiu correndo.
A esposa da vítima acredita que o marido foi morto por não está com dinheiro, mas a Polícia Militar contesta essa versão e como a vítima foi atingida com vários tiros acredita que foi uma execução, inclusive algumas pessoas disseram que o crime foi cometido por dois homens que estavam em um veículo. 

Em relação a tal carreira profissional no futebol, ele era peladeiro e jogou em alguns times que disputam o campeonato da Liga Desportiva Caruaruense.

Este foi o 24º homicídio do mês de setembro e na soma geral já são 217 no ano de 2017. O corpo foi encaminhado para o IML local.

Do Estação Notícias / Adielson Galvão

Nenhum comentário:

Postar um comentário