quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Racha em Brejo – Robertinho Asfora faz críticas a colegas de oposição

Em entrevista concedida ao Blog, o vereador de oposição em Brejo, Robertinho Asfora (PSB), falou sobre declarações concedidas pelo também vereador de oposição, Jobson Barros (PTC). Em recente entrevista concedida na rádio Polo FM, Jobson citou que o ex-prefeito não estaria aberto a diálogos com os atuais integrantes da ala liderada por ele e Rubinho Nunes, assim como não teria lhes dado o devido reconhecimento frente as últimas eleições.

No pleito de 2016, Roberto desistiu de concorrer devido a problemas judiciais e colocou, no seu lugar, a sua esposa Mônica Asfora (PSDB). A decisão teria acontecido sem acordo com parte do grupo ao qual Jobson e outras lideranças como o próprio Rubinho Nunes fazem parte, o que para ele justifica essa “falta do diálogo” e também uma das causas da derrota nas urnas.

Sobre as declarações de Jobson, Robertinho fez críticas a ele e a seus aliados:

“O que mais me impressiona na declaração, não só de Jobson, mas de outras pessoas que não estão mais conosco hoje, é que elas não julgaram Roberto Asfora como uma pessoa que não tem diálogo antes de usarem seu palanque para se eleger. Temos que ser verdadeiros em tudo o que a gente diz, retilíneo e responsável. Eleição acontece para o cargo que ocupamos hoje, de vereador e prefeito, de quatro em quatro anos e não é um estado permanente. As pessoas se esquecem disso. Eles buscaram votos naquele eleitor da majoritária, então não adianta estar com esse negócio de ‘Ah! Roberto não tem diálogo’; ‘Ah! Rubinho é bom e Roberto é ruim’… Quem vai julgar isso é o povo” – pontuou.
Questionado sobre a visão de Roberto Asfora sobre esse cenário de divisão nas oposições, ele disse:

“Preferimos deixar esse julgamento primeiro para Deus e segundo para o povo. Não temos o que falar… Vamos falar o que?! Fizemos a parte da gente. Somos nós e o Cristo Redentor; estamos de braços abertos” – concluiu.

Do Estação Notícias / Ney Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário