segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Delegado titular de Santa Cruz é atingido por disparos de arma de fogo no Recife

Um delegado da Polícia Civil foi baleado, na manhã do último domingo (20), depois de sofrer uma tentativa de assalto em Boa Viagem. Rodolfo de Araújo Bacelar, titular da Delegacia de Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste, trocou tiros com um homem que tentou roubar seu carro, na Rua Agenor Lopes, nas proximidades das ruas Ernesto de Paula Santos e Ribeiro de Brito. O crime aconteceu por volta das 10h30. Rodolfo levou dois tiros, passou por cirurgia e permanece estável, sem risco de morte. O criminoso, identificado como Alexsandro Cordeiro de Souza, de 21 anos, morreu.

Segundo testemunhas, Rodolfo Bacelar havia acabado de estacionar próximo a um posto de gasolina e estava indo resolver questões pessoais quando o homem anunciou o assalto. Neste momento, ele puxou a arma, reagiu e desferiu disparos contra o criminoso. O delegado foi atingido na cintura e no braço. “Eles estavam andando na mesma calçada, em direções opostas. De repente, já ouvi os tiros e me abaixei. Depois, só vi um deles correndo”, detalhou um trabalhador de um dos prédios próximos ao local da ocorrência.
“Vi ele correndo aqui pela Ribeiro de Brito, ferido, pedindo um táxi. Foram muitos tiros disparados, pelo menos mais de quatro”, chegou a comentar outra testemunha. O assalto foi registrado por câmeras de prédios próximos.

Rodolfo Bacelar foi encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Imbiribeira e depois transferido para o Hospital da Unimed. O suspeito também foi levado para UPA, mas não resistiu aos ferimentos e morreu quando chegou ao local. A polícia já identificou outro suspeito de participar da ação. Os criminosos fazem parte de uma quatrilha que aruava na área. “Provavelmente visualizaram o carro dele e pensaram que iriam conseguir levar. O delegado ainda tentou disparar contra um segundo elemento, mas o homem fugiu.
Estamos em diligências para capturá-lo”, explicou delegado de plantão do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), João de Britto, responsável pelas investigações. Rodolfo Bacelar é delegado da Polícia Civil desde 2008 e já comandou delegacias de Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata, e Gravatá, no Agreste.

O atual delegado de Santa Cruz do Capibaribe é mais um agente com atuação na segurança pública a ser vítima da violência. Na última semana, o ex-chefe da Polícia Civil de Pernambuco, o delegado Antônio Barros, foi assaltado e teve a arma, uma pistola ponto 40 roubada. O caso aconteceu na cidade de Caruaru, no Agreste. Antônio estava com a família e se preparava para voltar ao Recife quando aconteceu a investida. Ninguém saiu ferido.

Em julho deste ano, um delegado aposentado teve a casa invadida, também em Caruaru. Ele estava em casa com a mulher e a filha. Foram levados pertences da família e uma arma de fogo. Já em dezembro do ano passado, a vítima foi o ex-secretário de Defesa Social Wilson Damázio. Ele foi assaltado enquanto caminhava com a filha, no bairro da Torre, no Recife. Apesar de estar armado, Damázio não reagiu.

Descrição: http://imgs.impresso.diariodepernambuco.com.br/imgs/eq.gifDo Estação Notícias / Diário da Pernambuco 

Nenhum comentário:

Postar um comentário