quarta-feira, 5 de julho de 2017

REVOLTA: Barragem praticamente cheia e clientes da Compesa comprando água em Brejo

De um lado o cidadão comprando água e do outro a barragem cheia

A felicidade com as chuvas é imensa em Brejo da Madre de Deus, mas para a maioria da população esta alegria se mistura com outro sentimento, o de revolta. Isso por que a barragem está praticamente cheia, atualmente com 80% de sua capacidade, e mesmo assim, muitos cidadãos estão precisando comprar água.

Recentemente, quando a Barragem de Santana II chegou a níveis baixíssimos, a Compesa iniciou um rodizio em que a cidade é abastecida durante duas semanas e em outras duas não há abastecimento. Esta medida foi necessária para que a barragem conseguisse segurar o abastecimento até a chegada do período chuvoso.
O nível da Barragem de Santana II tem subido todos os dias

A bronca da população é que as chuvas chegaram, está faltando 1 metro e 10 centímetros para o reservatório sangrar e a Compesa continua com o mesmo racionamento, o que para muitos é insuficiente, tendo que pagar a conta mensal e gastar mais dinheiro comprando água.

“A insatisfação é grande porque as pessoas estão comprando água, tem gente pagando a conta de pouco mais de R$ 40,00 e tendo que comprar mais R$ 60,00 de água. Isso é um absurdo!”, comentou o senhor Gercino.

A Compesa ainda não divulgou o calendário de abastecimento para este mês de julho em Brejo da Madre de Deu. Informações repassadas a nossa reportagem é que o calendário já estava pronto, mas devido ao aumento do nível da barragem, possivelmente será feito um novo calendário. A expectativa é que a Compesa informe ainda esta semana como ficará o abastecimento em Brejo Sede, e também nos distritos Barra de Farias e Fazenda Nova.
Na medição feita nesta manhã o reservatório registrou 80,4% 

Do Estação Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário