terça-feira, 9 de maio de 2017

TERROR: Motorista de mercadinho do Brejo foi assaltado e espancado próximo a Itaúna. Bandidos ameaçaram atear fogo em sua esposa

O motorista do Mercadinho Comprebem, o brejense Raimundo Lustosa, passou os piores momentos de sua vida ao ser assaltado na madrugada desta terça-feira (09), na PE-145, quando estava indo buscar frutas e verduras na Central de Abastecimento de Caruaru, a Ceaca.

De acordo com informações repassadas a nossa reportagem, por volta das 4:20 Raimundo passou pela Vila Rita Vênus, zona Rural de Caruaru. Com ele estava sua esposa e um de seus filhos. Ao chegar na primeira lombada, o motorista avistou de longe lanternas traseiras acesas de dois veículos que estavam parados na pista. Em seguida as luzes se apagaram e os dois veículos, um carro de passeio e um caminhão de pequeno porte, deram a volta e desceram sentido Itaúna. Raimundo pensou que poderia se tratar de um assalto, e já desconfiado seguiu viagem.

Quando imaginou que a pior parte do trecho tinha passado, o motorista do mercadinho foi alcançado pelos elementos que voltaram e o abordaram próximo a Riacho Doce, também zona rural de Caruaru. Os bandidos já desceram do carro armados com espingardas calibre 12 e pistolas, anunciaram o assalto, assumiram a direção da mercedinha e retornaram. 

Quando chegaram próximo a Itaúna, que faz divisa entre Brejo/Caruaru, os assaltantes entraram em uma porteira que fica perto da casa de turma. Dentro do mato já estava parado o caminhão que tinha sido abordado minutos antes em Rita Vênus e dois vaqueiros amarrados no chão. Os bandidos tomaram dinheiro, celulares, sapatos e até chinelos das vítimas.

De acordo com o motorista os assaltantes ficaram muito nervosos e queriam mais dinheiro. Foi então que começou a sessão de tortura com murros, coronhadas e armas apontadas para a sua cabeça a todo instante, sob ameaça de que se encontrassem dinheiro escondido dentro do veículo, o mesmo morreria na hora. Os elementos chegaram a colocar óleo em spray no cabelo da esposa do motorista e ameaçou atear fogo nela.

Os assaltantes reviraram tudo dentro da mercedinha, chegaram até a cortar os bancos a procura de dinheiro. Quando viram que realmente não tinha nada, arrancaram o toca CD e a bateria e depois fugiram deixando as vítimas amarradas com abraçadeiras de nylon dentro do mato.

As vítimas foram resgatadas e apesar do trauma psicológico passam bem.

Do Estação Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário