segunda-feira, 3 de abril de 2017

7 princípios para atender uma pessoa com autismo

Para minimizar essa dificuldade de convívio social, vale criar situações de interação. Respeite o limite da criança autista, seja claro nos enunciados, amplie o tempo para que ele realize as atividades propostas e sempre comunique mudanças na rotina antecipadamente.

A paciência para lidar com essas crianças é fundamental, já que pelo menos 50% dos autistas apresentam graus variáveis de deficiência intelectual. Alguns, ao contrário, apresentam alto desempenho e desenvolvem habilidades específicas - como ter muita facilidade para memorizar números ou deter um conhecimento muito específico sobre informática, por exemplo. Descobrir e explorar as 'eficiências' do autista é um bom caminho para o seu desenvolvimento, aqui estão 7 princípios para atender uma pessoa com autismo.

FARMÁCIAS SÃO JERÔNIMO - PROMOVER SAÚDE É NOSSA ESPECIALIDADE

Do Estação Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário