quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Movimento Escoteiro completa 8 anos em Brejo da Madre de Deus

Nesta quarta-feira dia 25 de janeiro de 2017 o Movimento Escoteiro em Brejo da Madre de Deus, Agreste de Pernambuco, completa 8 anos de historia e dedicação a juventude brejense. Isso não seria possível se não tivesse o apoio da comunidade que ajuda de várias maneiras a manter este projeto educativo.

Em Brejo da Madre de Deus o escotismo surgiu em 25 de janeiro de 2009, com o 42º Grupo Escoteiro Pedro Guenes, e em 2010, surgiu o 44º Grupo Escoteiro Águia Dourada, com o propósito de ajudar aos jovens da cidade. A fundação foi na Escola do André Cordeiro onde se fez presente a comunidade local juntamente com representantes da União dos Escoteiros do Brasil Região Pernambuco.

Na primeira formatura do grupo estava o Chefe José Moreira, que foi o chefe de Antônio Pereira, atual chefe de honra do escotismo do Brejo.
Um movimento para jovens, feito por jovens. Essa é principal engrenagem do Movimento Escoteiro: a vitalidade das crianças, adolescentes e jovens que passam por nossos caminhos e renovam nossas energias, aliada à experiência dos adultos voluntários.

O Escotismo é um movimento educacional que, por meio de atividades variadas e atraentes, incentiva os jovens a assumirem seu próprio desenvolvimento, a se envolverem com a comunidade, formando verdadeiros líderes.

Acreditamos que, por meio da proatividade e da preocupação com o próximo e com o meio ambiente, podemos formar jovens engajados em construir um mundo melhor, mais justo e mais fraterno.

Os jovens são divididos conforme sua faixa etária para que o Programa Educativo possa ser trabalhado em todas as áreas de desenvolvimento (físico, intelectual, social, afetivo, espiritual e de caráter) com base nas características individuais de cada fase.
O Programa Educativo ainda se preocupa em estar inserido no cotidiano dos jovens, de acordo com suas necessidades de crescimento e do meio onde os jovens se desenvolvem, se adaptando a diferentes realidades e respeitando sua autonomia. Apartidário, o Movimento Escoteiro valoriza a participação juvenil em esferas políticas, participando de processos de decisão em Conselhos, Conferências e demais grupos de trabalho. 

Para se juntar ao Movimento Escoteiro como jovem é preciso ter entre 6 e 21 anos; a partir daí a atuação se dá como adulto voluntário, sem limite de idade.

Do Estação Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário