terça-feira, 21 de junho de 2016

Prefeitura volta a negar aumento aos professores do Brejo da Madre de Deus

Professores em frente a prefeitura querendo negociar

Os professores da rede municipal de ensino do Brejo da Madre de Deus que estão travados numa batalha com o prefeito Dr. Edson pela valorização do piso salarial e melhorias nas condições de trabalho, tiveram mais uma grande decepção nesta terça-feira (21).

As 15h eles foram até a sede da prefeitura para uma reunião e esperavam obter uma resposta positiva por parte do poder executivo, para que fosse resolvida definitivamente a questão do aumento do salário e outros pontos fundamentais que estão sendo exigidos. Mas chegando lá, não conseguiram nem sequer entrar no prédio. O motivo alegado por um funcionário, é que o expediente tinha acabado e não era permitida a entrada do grupo de professores, que segundo estimativa, era em torno de setenta.

Uma comissão com advogados, representantes dos sindicatos e alguns professores, participaram da reunião com os secretários de Educação, Governo e Administração. Mas a conversa ficou no zero, não foi apresentado um orçamento financeiro e nenhuma justificativa para negar o aumento, revoltando ainda mais a categoria.

Da prefeitura os professores foram direto para a câmara de vereadores e pediram o apoio dos parlamentares. O professor João Paulo Procópio, a presidente do SINDUPROM Luciene Cordeiro e a presidente do SINDBREJO Wilma Azevedo estavam inscritos na ordem do dia e usaram a tribuna para expor suas indignações e cobrar uma solução para os problemas que já vem se arrastando desde o início do ano.  

Como o governo municipal vem sempre dando não como resposta e não quer negociar, os professores afirmam que "a luta não para", e irão se reunir em assembleia geral com os sindicatos, ainda sem data definida, e que provavelmente haverá novos movimentos como paradas de advertência.
Professores foram para a câmara e cobraram ação dos vereadores para resolverem o impasse com o poder executivo
Professores lotaram a Casa José Cupertino de Souza
Professor João Paulo Procópio
Luciene Cordeiro presidente do SINDUPROM
Wilma Azevedo presidente do SINDBREJO
Do Estação Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário