quarta-feira, 18 de maio de 2016

Fora do ar em Brejo há vários meses, programa Cidade em Foco do Alberes Xavier pode voltar a ser transmitido pela Colinas FM

Em agosto do ano passado a Rádio Comunitária Colinas FM do Brejo da Madre de Deus passou a transmitir o programa Cidade em Foco do comunicador Alberes Xavier. O programa é focado no mundo da política e estava ganhando cada vez mais audiência em nossa cidade. Mas nos primeiros meses de 2016, entrevistados do programa atacaram e fizeram graves denúncias contra o ex-prefeito Roberto Asfora (PSDB), e isso deu origem a mais uma reclamação contra a emissora que já tinha firmado anteriormente um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público para adequação dos serviços.

Roberto Asfora se sentiu prejudicado por não ter espaço na emissora e inclusive afirma que no dia em que participou do programa com Alberes Xavier, teve o seu áudio cortado.

Em fevereiro deste ano o líder da oposição solicitou providências do MP para "dar um basta nas práticas abusivas, antidemocrática e desleal", como classificou na denúncia. 

Uma reunião foi realizada para tratar do assunto com o Promotor de Justiça, proprietário da emissora Marconi Vieira e o vereador de oposição Robertinho Asfora (PSB).

Como as rádios comunitárias são proibidas por lei de entrar em cadeia (transmitir o mesmo sinal) com outras emissoras, com exceção da transmissão da Voz do Brasil ou quando excepcionalmente houver expressa determinação do Governo Federal, o Programa Cidade em Foco teve que sair da grade de programação da Colinas FM e não pode ser mais exibido da maneira em que estava. Em caso de desobediência a emissora poderia sofrer penalidades, inclusive, ser denunciada na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e correr o risco de ser fechada pela justiça. 

Segundo informações repassadas por Joabh Henrique, atual diretor da Colinas FM, a emissora está se organizando para voltar a transmitir o Programa Cidade em Foco, não entrando em cadeia com a emissora geradora do programa, mas adquirindo o conteúdo gravado que seria exibido em outro horário. Sobre o suposto corte no áudio de Roberto Asfora quando o mesmo foi entrevistado por Alberes Xavier, Joabh afirmou que não houve sabotagem e o motivo foi problemas na internet.

Questionado sobre ter entrado na justiça contra a emissora, Roberto Asfora foi objetivo em suas palavras.

E se existe um Termo de Ajustamento de Conduta, ele tem que ser respeitado.É uma falta de respeito o que essa rádio comunitária tem feito comigo. Entrei na justiça e entrarei contra qualquer meio de comunicação que me ofenda, para aquele que falar, responda em juízo”, disse.

Do Estação Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário