quinta-feira, 14 de abril de 2016

Professor Ronaldo Dias faz desabafo

Hoje 14/04/2016 os professores do município de Brejo da Madre de Deus cruzaram os braços e irão as ruas em forma de protesto para ter seus direitos respeitados.

Em meio a tantas informações nos tempos atuais fiquei me perguntando ao ver um anúncio na TV ASA BRANCA de Brejo da Madre de Deus, anunciando que a prefeitura municipal da referida cidade paga legalmente o PISO SALARIAL do Magistério (LEI Nº 11.738, DE 16 DE JULHO DE 2008.), poxa minha cidade está famosa, mas porque não há divulgação do Brejo mostrando seu potencial turístico? Porque o PREFEITO não comunica-nos mais vários sistemas de comunicação que no ano de 2015 a prefeitura recebeu aproximadamente R$ 21.000.000,00 (vinte e um milhões) de recursos do período 2000-2006 em ação impetrada na justiça pelo prefeito desse período, dos quais 60% desse valor devem ser repassado aos professores da época como aconteceu na cidade de CACHOEIRINHA, por exemplo?

O então GESTOR TRANSPARENTE que paga o nosso salário não presta contas à população dos quase R$ 30.000.000,00 (trinta milhões) que o GOVERNO FEDERAL repassou só em 2015, desse valor o total de R$ 18.000.000,00 (dezoito milhões), (60%), deve ser gasto em salários e pagamentos de professores, gestores, coordenadores, enfim profissionais da educação. Não, ao invés disso para justificar um ato deplorável ele usa todos os meios de comunicação para justificar o injustificável e NEGAR o aumento salarial de 11,36% mas esquece de que o Governo Federal repassou aumento de 18,45% em cima do valor per capita por aluno, então subentendesse que mesmo dando o aumento dos professores não teríamos um comprometimento com a verba no total.

Vergonhosa a atitude do Prefeito atual expondo a todos os valores salariais dos professores com jornada de trabalho de 150 horas e com 200 horas aulas, mas ele se esquece de dizer que para ser professor é necessário fazer o Ensino Fundamental (9 anos estudando), o Ensino Médio (3 anos estudando), e o Ensino Superior (Faculdade 4 anos de estudo), temos ai 16 anos de dedicação total a uma profissão, para ganhar aproximadamente R$ 2.000,00 enquanto que para ser prefeito basta apenas ser eleito pela população e vai receber mensalmente R$ 18.000,00 (dezoito mil reais), e para ser vice (que no geral só serve para a eleição) que também só precisa ser eleita pela população recebe R$ 9.000,00 (nove mil reais), quantos professores podemos pagar com esses dois salários? Quantos salários mínimos poderiam ser pagos a partir desses dois salários?

Quando for esclarecer ou declarar algo para a população, sejamos coerentes e diga-se a verdade, pois o PISO SALARIAL de 2016 não está sendo pago em nossa cidade, não posso esquecer-me de frisar que desde a implantação do FUNDEF (1998), até os dias atuais fosse quem fosse o prefeito tínhamos nosso aumento, em 2007 começou a ser implantado o piso salarial e em 2009 foi consolidado com 100% do Piso, então a pergunta que não quer calar é: Como está sendo administrado o dinheiro do FUNDEB em nossa cidade? Porque toda essa guerra foi gerada a partir do pedido CUMPRA A LEI FAÇA O QUE O MEC DETERMINOU?

Por Ronaldo Dias, professor da rede municipal de Brejo da Madre de Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário