terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Sítio Santa Rosa foi onde mais choveu em 2015 no município do Brejo da Madre de Deus. Distrito Fazenda Nova foi a localidade com menos chuvas

O Blog Estação Notícias esteve no IPA (Instituto Agronômico de Pernambuco), e obteve acesso aos registros pluviométricos dos anos 1984 até 2015 na sede do Brejo da Madre de Deus no Agreste pernambucano, e também do ano de 2015 de vários sítios e distritos do município.

As chuvas foram satisfatórias no ano passado em algumas localidades brejenses, em alguns sítios a chuva foi bem acima da média, justamente em um ano onde a seca continuou castigando o Nordeste brasileiro.

O sítio Santa Rosa que fica localizado na região brejeira, e muito próximo a Mata do Bitury, foi à localidade que mais choveu em 2015, foram 1.063 mm de acordo com os registros pluviométricos.

Indo de um extremo a outro, no distrito Fazenda Nova choveu apenas 186,4 mm no mesmo período, deixando a “Terra da Paixão” em ultimo lugar entre as regiões onde foram medidas as chuvas.

Até o momento 18 pluviômetros (instrumento utilizado para medir a quantidade de chuvas em um determinado lugar) estão instalados em locais estratégicos no município do Brejo da Madre de Deus.

Confira os registros pluviométricos de 2015 nessas áreas:

Gráfica da Pluviometria 2015
Localidade
Chuva (mm)
Sítio Santa Rosa
1.063,0
Sítio Cavalo Ruço
1.032,0
Sítio Amaro (Horta)
725,5
Sítio Brejinho
709,0
Sítio Xéu
647,0
Sítio Amaro (Casa)
624,5
Brejo Sede
565,5
Sítio Púcaro
521,0
Sítio Paridas
467,0
Sítio Tabocas
440,0
Sítio Olho D'Água do Púcaro
363,0
Sítio Tambor
331,0
Sítio Queimadas
286,0
Distrito São Domingos
282,0
Sítio Lagoa de Pedra
279,0
Sítio São Paulo
246,0
Sítio Baraúnas
225,0
Distrito Fazenda Nova
186,4

Outros dados interessantes são os do Brejo Sede. Os anos de 1985 e 2010 foram os mais chuvosos, passando dos 1.300 mm. Já o pior ano de chuva da história do Brejo da Madre de Deus foi o de 1993, ano este que ficou marcado na memória dos brejenses. A prefeitura na época teve que abrir todos os cacimbões existentes na cidade, e mesmo assim, a população precisou buscar água em locais distantes. Em 1993 choveu apenas 368 mm em Brejo Sede.

Confira os dados:

Gráfico da Pluviometria de 1984 a 2015
ANO
Chuva (mm)
1984
968
1985
1392
1986
1125
1987
830
1988
942
1989
1047
1990
651
1991
760
1992
1140
1993
368
1994
897
1995
999
1996
853
1997
1176
1998
504
1999
804
2000
1158
2001
911
2002
1049
2003
691
2004
1278
2005
1111
2006
813
2007
1052
2008
1156
2009
1294
2010
1315
2011
893
2012
434
2013
715
2014
705
2015
566

Janeiro de 2016 começou com muita chuva e só em Brejo Sede foi registrado 240 mm.

Do Estação Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário