sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Grupo é detido suspeito de furtar água da Compesa para açude em Brejo da Madre de Deus

Sete pessoas foram detidas; adutora fica em Santa Cruz do Capibaribe.

Líquido era levado para açude clandestino em Brejo da Madre de Deus.


Sete pessoas foram detidas suspeitas de furtar água da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) em Santa Cruz do Capibaribe, Agreste de Pernambuco. O caso divulgado nesta sexta-feira (4) ocorreu na quinta (3). De acordo com a assessoria de imprensa da Compesa, as pessoas "estavam furtando água da adutora de Tabocas. Dos detidos, quatro estavam utilizando a água para encher caminhões pipa e vender à população do município".

Ainda segundo a assessoria, a adutora é abastecida com a água da barragem de Jucazinho. Os suspeitos estavam levando a água para o sítio Tabocas, em Brejo da Madre de Deus, conforme informou a assessoria. No local foi encontrado um açude clandestino. A ação dos suspeitos estava prejudicando o abastecimento de água de Santa Cruz do Capibaribe.

As pessoas foram levadas para a Delegacia de Polícia Civil do mesmo município, onde foram ouvidos e liberados, conforme informou o delegado Victor Leite.

Do Estação Notícias Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário