terça-feira, 27 de outubro de 2015

Cachorrada atrás de cadelas no cio está atormentando a população brejense. Vigilância Ambiental diz que no momento nada pode ser feito porque na cidade não tem local apropriado para colocar os animais

A população do Brejo da Madre de Deus está amedrontada com a grande quantidade de cães soltos nas ruas e os recentes ataques sofridos por várias pessoas em diferentes locais da cidade.

O problema é que as cadelas estão no cio e muitos cachorros ficam atrás de fazer o “lepo lepo”. Eles passam o dia todo e as madrugadas tentando vencer as “bichinha” pelo cansaço. De madrugada "o latido e a bagaceira" tem atrapalhado o sono de muita gente, e o pior é que os cães, que ultimamente só “pensam naquilo”, não são alimentados e sempre estão estressados, e por isso acontecem os frequentes ataques às pessoas.

No bate papo nas ruas e principalmente nas redes sociais a população cobra uma atitude dos órgãos competentes para que sejam evitados novos ataques. Vejam os comentários em nossa postagem no Facebook sobre a matéria da Costureira que foi atacada pelos cães:

Pois é, e ninguém toma nenhuma providência. Outro dia eu estava passando com minha filha e um dos cachorros avançou em nós. Por pouco não nos mordeu. Agora a culpa é dos donos, que criam cachorras soltas sem nenhum tipo de prevenção, e da nisso”, Wal Hamsing.

Tá demais aqui. Ninguém anda mais tranquilo. Em todo lugar que você anda eles estão, e correm pra cima da pessoa. Precisa de providência”, Edna Lira.

Tá de você não poder sair de casa por conta deles, porque eles vão em cima mesmo! Aconteceu comigo, mas eles não chegaram a morder. Tem que se tomar providência urgente! Pois, como já disseram um adulto sabe se defender, mas uma criança não!”, Cecília Monique.

Infelizmente em cada esquina tem um “bando de cachorros”, tá virando praga, nunca vi isso em Brejo. Providências devem ser tomadas antes que algum idoso ou uma criança seja atacada”, Ralff Alves.

Existe um negocio chamado controle ambiental, num sei se aqui em nossa cidade tem”, postou  Pedro Jorge que filmou a “ação dos cães” em frente à Doceria as Meninas no centro da cidade, vejam só: 
O Blog Estação Notícias foi até a Vigilância Ambiental do nosso município para saber dos responsáveis quais providências podem ser tomadas para solucionar o problema. Falamos com Hipolito Souza, coordenador da Vigilância Ambiental, ele afirmou que nada pode ser feito, pois o município não tem um local apropriado para colocar esses cães, e outra medida mais drástica também não pode ser tomada.

“Infelizmente aqui em Brejo da Madre de Deus não temos um local apropriado para que possamos colocar esses animais, que seria um Centro de Zoonoses, que tem o custo muito alto, pois teria que ter um prédio, veterinário, mão de obra para a limpeza do local e a alimentação desses animais. Nenhuma cidade do interior do Estado tem. No momento não se pode fazer nada. Não se pode sacrificar, pois eles até o momento não apresentam nenhuma doença que possa nos levar a tomar essa atitude, que seria a raiva ou a leishmaniose”, disse Hipolito.

Do Estação Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário