sexta-feira, 16 de março de 2012

Entrevista com a secretária ganhou coluna especial no blog do Vereador Carga Pesada

Depois de faltar à entrevista da semana passada na rádio Colinas FM, finalmente a Secretária de Saúde do Brejo da Madre de Deus, resolveu, por livre e espontânea pressão de seus assessores, comparecer ao programa de Atahanderson Mesquita para dar explicações sobre o péssimo momento que a saúde de nossa cidade esta passando.

Ela, que falou palavras técnicas, para que a população não pudesse entender, não soube explicar nada.
O apresentador, Atahanderson Mesquita, que mostrou competência e imparcialidade, fez algumas perguntas onde a Secretária se esquivou de responder.

Vamos a alguns trechos da entrevista:

VERDADE 1 – Em um momento raro na entrevista, a Secretária foi verdadeira quando disse que os Médicos só estão indo uma vez por semana nos postos de saúde e deu como exemplo os de Mandaçaia e Cavalo Ruço, coisa que na época de Roberto Asfora era diferente, tinha Médico todos os dias.

VERDADE 2 – Outra verdade dita pela Secretária foi que no Brejo não tem 100% de cobertura no atendimento básico de saúde e isto esta tirando o seu sono, na época de Roberto Asfora, todas as localidades do município eram atendidas, inclusive com o carro odontomédico.

VERDADE 3 – A Secretária também falou a verdade quando disse que não houve manutenção no prédio do C.E.O. e do Hospital Jose Carlos de Santana nos últimos três anos e que apenas comprou colchão e lençol para os leitos.

CONFUSÃO – Perguntada por Atahanderson sobre a falta de Médicos no Hospital, ela disse que tinha Médico mais que em alguns casos eles faltaram ou chegaram atrasados, hora Secretária, se eles faltaram não tinha Médico.

AMIGA DA ONÇA 1 – a Secretária afirmou que o carro odontomédico não esta funcionando por falta de manutenção, hora, se não tem manutenção foi o atual Prefeito que não fez, pois este carro funcionou e bem, até o final de 2008 com Roberto Asfora.

AMIGA DA ONÇA 2 – Sobre transporte ela falou que os veículos da Prefeitura já estão usados demais e a frota é velha, passados três anos da administração do Doutor, porque ele não renovou a frota, como sempre fez Roberto Asfora?

SAIU DO SÉRIO – Quando foi perguntada sobre o estado físico do Hospital Jose Carlos de Santana, ela saiu do sério e disse que, se preciso for vai usar tinta ruim para pintar o prédio do hospital, e fez a propaganda da marca da tinta: “me pinte de novo”, é um absurdo uma gestora dizer uma coisa desta.

ENROLOU-SE 1 – A Secretária se enrolou quando foi perguntada sobre a colocação, 183º colocado, no IDSUS, ela pediu ajuda dos universitários, que se enrolaram mais ainda, quiseram passar para a população que a culpa era de Roberto Asfora, mais como o índice foi feitos com base em 2008, 2009 e 2010, dois destes anos são do atual Prefeito e dos três anos citados o melhor foi o de 2008 da gestão de Roberto Asfora.

ENROLOU-SE 2 – Quando Atahanderson falou dos atendimentos do hospital, que na época de Roberto Asfora, atendia 1200 pessoas por ano e com o atual Prefeito atende 700 pessoas por ano, a Secretária se enrolou novamente e usando palavras técnicas, que pouca gente entende, ela tentou se explicar e acabou jogando titica de galinha no ventilador.

ENROLOU-SE 3 – Para explicar o porquê de o Prefeito não esta cumprindo com a determinação da Juíza de entregar os medicamentos a Plácido, ela mais uma vez ficou enrolando e chegou a dizer que “Determinação judicial não se discute, se cumpre", e porque o Prefeito não esta obedecendo? A senhora mesmo disse que ele, Plácido, todos os meses vai à justiça para receber o dinheiro que esta retido para comprar os medicamentos.

PISOU NA BOLA 1 – A Secretária foi muito infeliz quando disse que Facebook era lugar para fofocar, chamando os freqüentadores desta rede social de FOFOQUEIROS, ela esqueceu que o Prefeito também participa desta rede e me esclareceu uma coisa, será que o Prefeito não tem tempo para trabalhar pelo Brejo porque vive fofocando no facebok?

PISOU NA BOLA 2 – A Secretária disse que Atahanderson não tem o programa Excel no seu computador porque é “POBRE”, Secretária, o pobre do Brejo não tem direito a internet, quanto mais ao programa Excel, e isso não é vergonha para ninguém, vergonha é ir para uma emissora de rádio tentar enganar o povo dizendo que a saúde do Brejo esta bem, e quero lembrar que o povo não tem internet porque o Prefeito prometeu colocar banda larga no município e mais uma vez não cumpriu com sua promessa.

PARA MEDITAR SECRETÁRIA

“A senhora é competente e inteligente, mais quero dizer que a senhora esta na hora errada, no lugar errado e com o Prefeito errado”

ESCRITO POR CARGA PESADA

Curso de Bombeiros Civis chegou a Jataúba

As inscrições estão abertas para o Curso de Bombeiros Civis em Jataúba, as inscrições podem ser feitas com Dilmázio Souza na Rádio Jataúba FM, informações pelo fone 8180-2253.

“Os jataubenses estão animados com a chegada deste curso de Bombeiro Civil, ainda existem algumas vagas, as pessoas interessadas devem nos procurar aqui na Rádio

O curso terá início no domingo dia 1 de Abril na Escola Municipal José Higino de Souza.

Reportagem: Atahanderson Mesquita

Aviões do Forró pousa em Fazenda Nova ou não?

Na manhã de hoje, sexta feira (16) houve mudança na agenda da Banda Aviões do Forró. Muitos começaram a duvidar se Aviões pousaria ou não em Fazenda Nova.

No dia 4 de abril estava agendado o show na terra da Paixão, mas a data foi antecipada. Agora o show acontecerá no dia 01 de abril, o local continua o mesmo, Vila da Paixão.

Reportagem: Atahanderson Mesquita

Parabéns Chaves!


Parabéns ao cantor e compositor Sivaldo Chaves, eleito pela opinião pública o melhor cantor do Brejo da Madre de Deus.

Entrevista com a Secretária de Saúde do Brejo Drª Maria Cristina, na manhã desta sexta feira (16) na Rádio Colinas FM

Estação Notícias: Por que a saúde em Brejo sempre tem sido alvo de criticas e reclamações?

Secretária: Eu acho que não é a saúde pública em Brejo, em todo país a saúde pública está enfrentando inúmeras dificuldades, especialmente do mês de abril do ano passado para cá. Nos tínhamos até abril do ano passado, vários profissionais com mais de dois  vínculos com o serviço público, hoje isso não é mais possível, no ano passado perdemos 11 profissionais médicos e o processo de contratação é difícil.

Estação Notícias: A população reclama da falta de medicamentos, como por exemplo, losartana, hidroclorotiazida, captopril, dipirona, paracetemol e até AAS. São medicamentos básicos que estão em falta. Como explicar a falta desses medicamentos? E qual a previsão para que esses medicamentos estejam disponíveis na farmácia básica?

Secretária: Estamos com dificuldade de manter o fornecimento, em momento algum eu vou dizer que falta dinheiro não, é pela falta do cumprimento, da responsabilidade dos fornecedores, eu tenho fornecedores que mandam tudo e tenho outros que mandam pela metade. Hoje não tenho losartana na rede, estamos entrando com uma ação judicial contra a empresa. Isso não justifica, mas explica. Em um tempo mínimo possível iremos regularizar essa situação.

Estação Notícias: No site do Fundo Nacional de Saúde consta que o ministério da saúde enviou para a secretaria de saúde do nosso município, de dezembro de 2011 a fevereiro de 2012, a importância de R$ 1.231.422,72 para seus programas de saúde e também medicação, os remédios para a farmácia básica e internação hospitalar. Onde está aplicado esse mais de 1 milhão de reais recebidos nesses últimos 3 meses, já que a população vem sofrendo tanto com a falta de saúde em nosso município?

Secretária: Os recursos da saúde são transferidos por blocos de financiamento, hoje trabalhamos com 6 blocos, dos recursos são repassados dentro desses blocos, temos o bloco da atenção básica, bloco da média e alta complexidade, bloco das vigilâncias, bloco da assistência farmacêutica,  bloco da gestão e o bloco de investimento. Os recursos que são repassados são repassados dentro desses blocos e cada um tem ações específicas de legitimidade e aplicação do recurso financeiro.

Estação Notícias: O vereador de oposição Carga Pesada recentemente fez denuncias de que estava faltando receita azul no distrito Fazenda Nova. Nena de Nelson, Carlinhos pedreiro e o sogro dele não conseguiram a receita. Por que uma coisa tão simples como o formulário de receita azul faltou no distrito Fazenda Nova?

Secretária: Não é tão simples assim, temos total controle dos receituários, nós tivemos um intervalo de 10 a 12 dias com um pequeno atraso da gráfica, logo em seguida foi normalizado.

Estação Notícias: Porque a prefeitura não esta cumprindo com a determinação da Juíza, Dra. Maria Adelaide, que obriga a Secretaria de Saúde entregar os medicamentos a Plácido? Todos os meses ele tem que pegar uma autorização da Juíza para receber o dinheiro dos remédios. Porque a prefeitura não fornece a insulina para o cidadão?

Secretária: Isso não tem cabimento em 100%, acontece que teve uma divergência entre marcas de insulina e eu não posso comprar medicamento por marca, a lei me proíbe. Ele vai continuar recebendo a insulina na secretaria, caso ele chegue lá dia 20 e tenha qualquer problema, é o que aconteceu com a entrega do fornecedor, ele procura os seus direitos. Ordem judicial a gente cumpre. 
Estação Notícias: O Estação Notícias mostrou pessoas que estão chegando às 2h da tarde para pegar ficha no outro dia na central de marcação, isso é uma situação humilhante para esses cidadãos, ter que dormir em calçadas, às vezes no frio e até na chuva, porque este problema ainda existe?

Secretária: Essa questão das filas infelizmente ela não só acontece aqui, ela só se dá porque a oferta do serviço é menor do que a necessidade do usuário. Um sério problema também é a comercialização das fichas por porte de algumas pessoas. Já estamos agilizando e em breve não haverá mais pessoas em filas, será tudo no computador.

Estação Notícias: Na manhã de domingo dia 11 de Dezembro do ano passado, duas pessoas chegaram enfartando no José Carlos de Santana, e não tinha médico para atende-los e isso tem se repetido com certa freqüência, muitas vezes a solução tem sido a cidade vizinha Jataúba. Porque falta médico no hospital?

Secretária: Eu não tenho falta de médico no hospital, todos os plantões estão cobertos, o que aconteceu foi atraso do profissional ou o médico plantonista saiu em uma transferência.

Estação Notícias: Em um sábado o hospital ficou sem médico desde as 8h, e por volta das 14h nenhum médico havia chegado.

Secretária: Eu não to negando em nenhum momento, ele pode ter chegado atrasado, o que eu quero afirmar é que o hospital tem escala médica 24h os 7 dias da semana.

Estação Notícias: A unidade odontomédica, aquele carro que os dentistas atendiam na zona rural foi escanteado no governo Edson Sousa, nos últimos 3 anos ela esteve parado no pátio da prefeitura. O povo quer saber porque esse veículo não está a disposição da população?

Secretária: Infelizmente eu não sei te explicar os dois primeiros anos, sei desde que assumi, mas acredito que os motivos são os mesmos. Falta de manutenção, promoveu um sucateamento dessa frota. E também a manutenção dos equipamentos dentro dele, vamos avaliar se vale a pena ou não usar esse veículo ainda.

Estação Notícias: Mas esse carro tinha como rodar sim, ele estava sendo usado na gestão anterior e desde quando Dr. Edson assumiu ninguém mais viu esse carro em atividade.

Secretária: Agora chegou a vez dele e vamos definir o que faremos com esse carro, vamos ver se vale recupera na integra ou descartar em um leilão e adquirir um veículo novo.

Estação Notícias: O hospital José Carlos de Santana passa por maus momentos. O Estação Notícias mostrou com exclusividade, pia quebrada e falta de colchões no setor masculino, e recentemente mostramos na pediatria, parede do banheiro esburacada, cano do chuveiro exposto, cano de água da descarga amarrado com arame, sujeira na cerâmica do banheiro e no chão da pediatria, e um ralo em baixo da cama que fica tampado com um pedaço de bloco, que os usuários reclamam muito do mau cheiro. O que a senhora pretende fazer a curto prazo para acabar com todos esses problemas do hospital?

Secretária: Eu não sei bem se poderíamos pegar todo isso que você colocou ai e realizar em curto prazo. Quanto à estrutura do hospital do Brejo, tem deixado o prefeito sem dormir, e eu também. Vamos fazer o mínimo necessário para melhorar aquele aspecto horrível, concordo com você. Vamos fazer um paliativo, estamos em fase do cumprimento de documentação para começar uma reforma maior.

Estação Notícias: Segundo o histórico da quantidade de AIHs aprovadas por competência, informado pelo site do ministério da saúde, no hospital José Carlos de Santana durante o decorrer o ano de 2007, o penúltimo ano da administração anterior, chegou a internar até 1.110 pacientes, isso com menos recurso e com uma menor população e como é que em 2011, penúltimo ano da administração atual, com a saúde do nosso município recebendo bem mais recurso e uma população bem maior, só houve internações de apenas 702 pacientes, como a senhora explica uma queda de internação de quase 63% a menos do que a 4 anos atrás?

Secretária: Isso foi o trabalho da prevenção, houve uma diminuição e foi positivo. Isso é um dado bom.

Estação Notícias: Pernambuco ficou em 16º lugar no IDSUS, segundo o diretor da 2ª Geres Dr. Mario Moreira em entrevista a Rádio Nova Timbaúba, na ocasião da assinatura do convênio do hospital Trícentenário com o Hospital João Coutinho de Timbaúba, o diretor da 2ª Geres informou que um dos municípios de maior responsabilidade pela queda do Índice de desempenho do SUS no estado de Pernambuco foi o município de Brejo da Madre de Deus, onde além do mais o prefeito é um médico? O que a senhora tem a dizer sobre isso.

Secretária: Se é que ele deu essa entrevista desse e jeito, ele foi muito infeliz na fala dele.

Estação Notícias: Com as reclamações na saúde pública em Brejo, falta de medicamentos, falta de estrutura no hospital e uma série de problemas e etc., como podemos dizer que a saúde do Brejo está vivendo bons tempos?

Secretária: Nos temos dificuldades e avanços, a saúde é um conjunto, temos bons resultados.

Estação Notícias: As informações que chegam de São Domingos é de que a policlínica não atende 24h, é só fachada.

Secretária: É mentira, tenho médico 24h de plantão, se alguém chegar aqui dizendo que faltou médico na quarta e na quinta é verdade, porque nos tivemos que exonerar o médico, por motivos outros que me reverso o direito de não expor aqui na rádio.

Estação Notícias: Em fevereiro do ano passado o prefeito Dr. Edson disse na câmara de vereadores que se a saúde do Brejo não melhorasse, ele assumiria a secretaria por 6 meses. A senhora acha que este é o momento dele assumir, já que a saúde do Brejo é umas das piores de Pernambuco?

Secretária: Ora, tem muito o que ser feito, mas o prefeito Edson não tem motivo nenhum para renunciar a prefeitura e assumir a secretaria de saúde, muito pelo contrário, temos o que comemorar.

Estação Notícias: É do conhecimento de todos que é obrigação do secretário de saúde do município, a cada trimestre solicitar audiência publica a câmara municipal de vereadores para prestação de contas. Na sua gestão quantas prestação de contas na câmara já houveram?

Secretária: Todas que foram necessárias, inclusive uma ontem, aprovei o ultimo trimestre de 2011 na câmara. Tivemos a presença dos vereadores de situação e a oposição não compareceu em momento algum.

Por Atahanderson Mesquita